Quando uma empresa tem potencial para criar estratégias de marketing de relacionamento com o cliente, adquire mais competitividade e consegue se destacar diante da concorrência. Por isso, cada vez mais, o mundo corporativo tem prestado atenção neste tipo de ação e procurado por profissionais capacitados para desenvolver técnicas de persuasão e estreitar as relações com o consumidor.

O Enducamundo se adiantou nesse quesito e lançou o Curso Online Marketing de Relacionamento para auxiliar interessados em melhorar o currículo e oferecer atendimentos de excelência. Elaborado por um setor pedagógico exclusivo, este curso online dispõe um conteúdo programático com questões aprofundadas sobre os principais conceitos, as metas, as estratégias mais adotadas, os sistemas de gestão, entre outros tópicos indispensáveis sobre o marketing de relacionamento

Para quem não sabe, os cursos online com certificado aqui do portal estão entre as melhores opções para qualificação hoje em dia. Além de bem completos e embasados, eles podem ser realizados na hora e no local que o aluno desejar, o que ajuda bastante a organização da rotina de estudos, de trabalho e da vida pessoal.

Portanto, se você está procurando alternativas para se aperfeiçoar quanto às ações de marketing de relacionamento, considere bons cursos a distância como o que temos em nossa grade. Será uma ótima escolha para disparar rumo ao sucesso no mercado de trabalho.

Quer entender o que é marketing de relacionamento, quais seus objetivos primordiais e demais características? Acompanhe este artigo que preparamos para você, e complemente seus conhecimentos com nosso curso online.

Cursos relacionados que podem te interessar:

Objetivos do Marketing de Relacionamento com o cliente

O Marketing de Relacionamento é famoso por seus objetivos bem estabelecidos. O principal deles é a construção de bases sólidas de relacionamentos com os clientes, aumentando a percepção do valor da marca, dos produtos e serviços oferecidos. Esse trabalho é feito integrando ações dos colaboradores desde a concepção do projeto até a pós-venda.

Tal conceito vai muito além de captar novos clientes, a fim de aumentar a cartela constantemente. É claro que isso também é muito importante para qualquer corporação, afinal, quanto mais adeptos, melhor. Contudo, entendendo o que é marketing de relacionamento, você terá a noção de que é mais rentável e eficaz criar uma relação satisfatória e duradoura com aqueles que já fazem parte do cadastro da empresa.

Os especialistas nesse tipo de gestão atuarão para que os clientes se tornem verdadeiros fãs e defensores da marca. Para isso, deverão estar de olho em três etapas fundamentais, muito lembradas em cursos a distância sobre a temática:

  • Atração: o primeiro passo do marketing de relacionamento é atrair os clientes em potencial. Além de oferecer serviços/produtos inovadores e de qualidade, a empresa deve se atentar ao atendimento de excelência. É essencial dar atenção a todos os interessados pela marca, fazer um pré-cadastro com dados principais e mostrar a eles o quão são bem-vindos e importantes, mesmo que não fechem negócio. Pesquisas brasileiras revelam o tempo todo que a qualidade no suporte ao cliente é mais relevante até mesmo do que os preços, o que mostra a necessidade de adotar técnicas precisas para cativar os consumidores. 

  • Retenção: nem todas as pessoas que se interessaram por seu produto serão realmente atraídas a ponto de fazer parte desta etapa. Por isso, é fundamental saber identificar quais os clientes se encantaram com sua abordagem e suprir a necessidade deles com o que a empresa tem de melhor. É primordial que o gestor, corretor, representante ou vendedor trate cada cliente como se fosse único, e não somente uma estatística de vendas. É exatamente isso que vai prolongar esta relação.

Fez um atendimento assertivo? Não esqueça desse cliente. Mantenha contato sempre que puder, avisando-o de promoções, de novos produtos que possam interessar, sugestões de parcerias, etc. Cursos online podem ensinar inúmeras técnicas pertinentes. 

  • Fidelização: aplicando ações de marketing de relacionamento, a empresa certamente conseguirá fidelizar aqueles clientes que já tinham uma identificação com a marca. Sentindo-se seguros e valorizados, eles não darão atenção à concorrência e permanecerão fiéis àquilo que você tem a oferecer. Além disso, quando há um alto nível de satisfação, é muito provável que sua empresa seja indicada para outras pessoas, aumentando o leque de atendimento e a lucratividade.

Ao fidelizar um cliente, a gestão de relacionamento não terá acabado. Muito pelo contrário. Os responsáveis precisarão "arregaçar as mangas" para mantê-lo contente e crédulo em relação à marca. Um passo em falso e esse mesmo cliente pode se decepcionar, algo que representa um risco grande para qualquer empresa. Haverá todo um retrabalho para sanar o problema ocorrido, e no mundo dos negócios, caro leitor, tempo é dinheiro.

No curso Marketing de Relacionamento que disponibilizamos aqui no Educamundo, você tem acesso a todo o passo a passo para implementar estratégias assertivas em sua empresa. É um processo que se inicia na cultura organizacional e vai até o momento da venda e do pós-atendimento, etapa que é considerada a cereja do bolo desse tipo de marketing.

marketing de relacionamento com o cliente

Marketing de relacionamento e tecnologia

Se antigamente o que prevalecia para a captação de clientes e construção da reputação de uma marca era o conhecido marketing boca a boca, o século XXI é marcado pelo avanço tecnológico, que propiciou uma modificação no mercado brasileiro e mundial. As empresas podem lançar mão de softwares e demais sistemas de gestão de relacionamento para se organizar e vender mais.

Com a crise econômica no Brasil, o comportamento do consumidor se tornou instável e muitas empresas não souberam como agir para conquistar novos clientes e reter os antigos. A causa disso é a falta de uma estratégia mapeada, que pode ser realizada hoje com o uso de tecnologias apropriadas para o marketing de relacionamento.

"A tecnologia é parte do processo e deve ser usada para implementar uma estratégia de negócios. Mas tudo com base em metas, objetivos e métricas de sucesso”, expõe o consultor Silvio César de Oliveira.

Sendo assim, podemos perceber que a tecnologia se mostra uma peça fundamental para incorporar o marketing de relacionamento com o cliente, mas para que ela seja realmente eficaz, é preciso unir colaboradores e setores. Todos devem estar engajados em melhorar o atendimento e potencializar as vendas da maneira mais segura possível.

O CRM (Customer Relationship Management) é o conjunto de estratégias mais utilizado para a organização de dados e etapas de vendas. Unindo a Tecnologia da Informação ao Marketing, ele é altamente requisitado por diversos segmentos, como engenharia, saúde, indústria alimentícia, entre muitos outros. Por isso, é tópico permanente do curso Marketing de Relacionamento aqui do portal.

Por meio de um software específico você consegue:

  • Coletar dados do cliente cativo ou prospect

  • Analisar e cruzar estas informações, para aplicar estratégias de vendas

  • Planejar variadas ações de marketing para estreitar relações e vender mais

  • Registrar o nível de satisfação do cliente no pós-atendimento

  • Ter informações suficientes em todas as etapas para promover melhorias

É imprescindível que haja um treinamento para que todos entendam o que é marketing de relacionamento e saibam o utilizar o sistema de CRM, pois só assim ele trará benefícios e não deixará a equipe confusa. O curso online sobre Técnicas de Vendas - Como vender mais e melhor‍ aqui do portal é uma sugestão bacana para profissionais que querem aprimorar suas estratégias para aliá-las ao uso da tecnologia.

Ascensão dos aplicativos de mensagem

Esse é outro tópico ligado à tecnologia que causa inúmeras dúvidas e, por isso, é abordado em nosso Curso Online Marketing de Relacionamento. Não é novidade para ninguém que a internet revolucionou a forma como a sociedade se relaciona. Para acompanhar o ritmo da globalização, as empresas precisaram se adaptar, construindo novos canais de atendimento na web, por meio de seus sites, das redes sociais e dos aplicativos para dispositivos móveis.

Com todas essas facilidades, o marketing de relacionamento com o cliente pode evoluir para algo mais humanizado, com respostas rápidas e melhor compreensão das necessidades dos consumidores. Os apps, por exemplo, se tornaram uma verdadeira febre no mundo todo, sendo usados por empresas de muitas áreas, dos bancos aos serviços de transporte. Mas apesar de recentes, há quem diga que eles já estão ficando obsoletos - a bola da vez seriam os chatbots, você já ouviu falar deles?

Ninguém menos que Mark Zuckerberg, fundador do Facebook, anunciou o lançamento de uma plataforma que promete deixar as conversas pela internet mais atraentes, sejam aquelas realizadas pelo PC ou pelo celular. Trata-se da utilização de robôs exclusivos de cada empresa para interagir com clientes, sem que eles precisem baixar um aplicativo para isso.

Esse conceito se originou na China, com o WeChat, e agora está sendo testado por inúmeras corporações de tecnologia ocidentais, além do próprio Facebook. A Apple, por exemplo, já entrou na jogada e, ao lançar o novo iMessage, permitiu também que empresas desenvolvessem serviços diversos dentro do chat. Ou seja, a pessoa não precisaria fazer o download de um aplicativo de restaurante, mas simplesmente utilizar o mesmo app de mensagens para pedir a comida que quiser.

Tal tecnologia, que está sendo reconhecida como os "chats dentro do chat", pode ser uma nova alternativa para as empresas desenvolverem ações de marketing de relacionamento. Os clientes poderão se comunicar de forma mais simplificada, o que pode melhorar bastante todo o processo.

Os certificados do Educamundo podem ser usados para:


Prova de Títulos em Concursos Públicos

Horas complementares para faculdades

Complemento de horas para cursos técnicos

Progressão de carreira em empresas

Turbinar seu currículo

Revolucionar sua vida profissional e acadêmica

Chatbot - evolução ou retrocesso?

Bom, os gigantes da tecnologia têm tratado os chatbots como a revolução da comunicação na web, sobretudo no mundo corporativo. Utilizando inteligência artificial, essa ferramenta embutida nos chats promete facilitar a vida tanto dos clientes, como falamos anteriormente, como dos setores internos das empresas desenvolvedoras.

Os robôs serão os responsáveis por resolver problemas que podem ser complexos para os humanos realizarem em um curto espaço de tempo, como a análise e cruzamento de dados. Além disso, eles são a aposta para aumentar a produtividade na hora de responder chamados. Uma empresa de telefonia, por exemplo, poderá se aproveitar dos chatbots para emitir segundas vias de boletos, responder dúvidas ou fazer cancelamentos de maneira bem mais rápida.

Com o debate popular estabelecido por Mark Zuckerberg, diversos especialistas começaram a se manifestar a respeito do crescimento dessa nova ferramenta. O que mais se discute é que os aplicativos de marcas estão em declínio - as pessoas estariam cansadas de ter que baixá-los sempre que quiserem pedir uma pizza ou resolver um problema no banco, pois não é possível ter todos os apps úteis na tela do smartphone.

Desta forma, podemos considerar algumas vantagens proporcionadas pelos chatbots. Em entrevista ao Meio & Mensagem, Paulo Curio, CEO da Movile, disse que o primeiro benefício dessa tecnologia é a contextualização, pois "ele permite que uma conversa se torne o mais próximo de algo real". O segundo seria a conveniência, porque a pessoa pode comprar um produto, por exemplo, sem precisar ocupar seu celular com aplicativos extras. Segundo Curio, os chatbots trazem de volta as relações empresas/clientes mais simples e naturais, porém, com uma alta tecnologia agregada.

Mas se você pensa que os chatbots só possuem características benéficas atualmente está enganado. Há alguns questionamentos técnicos e éticos sobre sua aplicação. Podemos citar o caso do robô Tay, da Microsoft, que foi posto para testes no Twitter em 2016, mas que gerou uma experiência nada boa. Ao interagir com os usuários na rede social, foram dadas respostas que puderam ser interpretadas como de apoio à xenofobia, genocídio e outros temas negativos. A gafe comprometeu o uso dos chatbots pela Microsoft, pelo menos por enquanto.

Outra polêmica levantada em fóruns e também em cursos online sobre o tema é sobre o paradoxo da atividade dos chatbots, afinal, como uma máquina poderia conferir um tratamento mais dinâmico e natural aos humanos? A conversa certamente não tem o mesmo calor que um bate-papo entre pessoas reais, mas as mil e uma utilidades que os bots apresentam podem falar mais alto e conquistar o grande público. 

Ficou interessado em conhecer mais sobre o uso de tecnologia e dos chatbots para aprimorar as relações interpessoais? Nosso curso Marketing de Relacionamento apresenta tópicos exclusivos sobre o assunto, com muitas novidades e reflexões importantes.

Curso online: aprimore suas técnicas de marketing de relacionamento

Há muitas e muitas pautas pertinentes ao universo do marketing de relacionamento, além das que retratamos aqui neste artigo. Felizmente, com a ajuda de cursos online com certificado você pode conhecer tudo a respeito do tema e ficar craque para aplicar as melhores técnicas no mercado de trabalho.

O bacana é que, fazendo sua inscrição no Educamundo, você tem à disposição diversos cursos online sobre comunicação e marketing, que complementam sua formação com muita qualidade. O Curso Online Marketing‍ de Relacionamento é só um exemplo destas alternativas eficientes.

Ficou animado para se destacar nas entrevistas de emprego e também trazer ótimos resultados para a empresa? Faça já sua matrícula no portal. Investindo somente R$ 69,90, você garante o acesso a todos os cursos a distância do Pacote Master.

O processo de certificação, diferente de outros portais, é opcional. Caso o aluno precise, ele escolhe realizar cursos online com certificado, define a melhor carga horária para sua necessidade (de 5 a 420 horas) e faz uma prova para atestar seus conhecimentos após a capacitação e para obter o documento.

Esperamos que tenha gostado da abordagem de nosso texto. Não deixe de contribuir com a sua opinião e compartilhar com seus amigos. Bons estudos e até uma próxima vez!