Auxiliar de departamento pessoal: carreira, conceitos + curso incrível - Blog do Educamundo

 BLOG

Blog Educamundo

Cursos online e o mundo

rotinas de departamento pessoal
 Equipe Educamundo  09/10/2017
Auxiliar de departamento pessoal: carreira, conceitos + curso incrível

Você se identifica com a área administrativa, mas não sabe qual carreira seguir? Um bom curso de auxiliar de departamento pessoal pode ser uma saída de mestre para descobrir conceitos e práticas relacionadas a uma das funções mais em alta nesse mercado. Se engajar em cursos online de excelência tem sido a escolha de muitos estudantes e profissionais que desejam complementar o currículo e chamar a atenção em processos seletivos.

A administração de pessoal é indispensável para empresas de quaisquer setores e portes, oferecendo assim, uma gama incrível de vagas, mesmo durante a crise pela qual o Brasil passa. Se você tem interesse nesse viés, saiba que aqui no Educamundo há o Curso Online Auxiliar de Departamento Pessoal, perfeito para capacitar, aperfeiçoar e atualizar conhecimentos relacionados a esse nicho.

O curso de departamento pessoal aqui do portal é um entre os mais de 1200 cursos online com certificado disponíveis na grade, que melhoram suas chances de conquistar o emprego dos sonhos, passar em concursos públicos ou simplesmente preencher as horas complementares da faculdade. O que acha de aproveitar essa oportunidade valiosa?

Para que você compreenda mais a fundo sobre as rotinas de departamento pessoal e como os cursos a distância podem ser ideais para sua qualificação neste momento, elaboramos um artigo recheado de informações e dicas. Acompanhe-o com toda sua atenção e tire suas dúvidas ao final.

Conceito sobre trabalho

Quando exploramos o universo profissional em um curso de departamento pessoal online, precisamos começar a entender as definições básicas de trabalho. É comum pensarmos que emprego e trabalho possuem o mesmo significado, no entanto, a origem deste último é muito mais antiga. O trabalho teve início assim que o homem procurou meios para transformar a natureza visando a sobrevivência e o conforto. A partir dele criou-se utensílios, construções, novas formas de caça, entre muitas outras conquistas. Portanto, se formos datar o "nascimento" do conceito sobre trabalho, podemos citar os primórdios da humanidade.

Já o emprego, consiste em um fundamento muito mais recente, que se tornou mais visível e essencial para a sociedade à época da Revolução Industrial (1760 - 1840). Os homens passaram a vender suas habilidades, incluindo a força física, em troca de remunerações. Sendo assim, podemos constatar que o trabalho é algo livre de acordos, que é realizado com um propósito que não necessariamente possui ligação com ganhos salariais; e o emprego se baseia pela relação de alguém de organiza o trabalho a ser feito e aquele que, de fato, o faz em troca de dinheiro ou mercadoria.

Vale colocar que no início das eras, o trabalho era algo que precisava acontecer para garantir a sobrevivência somente. Não tinha uma preocupação maior em evoluir processos, algo que aconteceria com os progressos na agricultura, quando houve até mesmo uma revolução social. Os povos começaram a compreender que o trabalho precisava ser enxergado com outros olhos para trazer benefícios, e então, começaram a valorizar as formas de trabalho, as ferramentas utilizadas, a organização de cada etapa, os prazos, entre outros.

Com o início da industrialização, os conceitos de trabalho puderam ganhar força no mundo todo. Cada sociedade, até hoje em dia, tem para si uma teoria própria sobre o trabalho e sua valorização. Os governos decidem como o trabalho deve se dividir, se organizar, quem o realizará, como a riqueza será produzida e distribuída, entre outros, influenciando sobre a a nação inteira. Este é um dos tópicos iniciais de nosso curso online voltado para a área de departamento pessoal, e é excelente para iniciar um aprendizado mais completo. Continue acompanhando para garantir mais saberes.

Cursos relacionados que podem te interessar:

No Educamundo você se matricula por 1 ano, investindo apenas R$69,90, sem mensalidades. Você terá acesso a mais de 1.200 cursos e contará com a opção de obtenção de certificados de diversas cargas horarias, que vão de 5 até 360 horas. Inscreva-se agora mesmo.

Legislação Trabalhista

O mundo já tinha passado pela Revolução Industrial e duas Guerras Mundiais quando a legislação trabalhista foi sancionada no Brasil. Foi Getúlio Vargas quem unificou a CLT, sigla para Consolidação das Leis do Trabalho, que atende pela Lei. 5.452, de 1943. Ela consiste em um conjunto de artigos voltados para proteger o trabalhador tanto urbano quanto rural perante seus serviços prestados. Desde sua criação, a lei já sofreu diversas alterações para acompanhar o ritmo de crescimento do país e transformações da sociedade brasileira.

A mais recente modificação foi aprovada pelo presidente Michel Temer e anunciada pelo Ministério do Trabalho em agosto de 2017. A partir do mês de novembro as empresas precisarão rever os contratos de relação de trabalho, tanto novos quanto antigos, adaptando às novas regras para o regime CLT. As alterações apresentadas interferem, principalmente, no relacionamento patrão/funcionário, propondo que seja algo resolvido caso a caso e não por um padrão legal. 

Assim, a lei não precisará ser utilizada como base em alguns âmbitos, sendo possível a negociação entre as duas partes. Poderá haver acordo, por exemplo, em caso de parcelamento das férias, flexibilização da jornada, participação nos lucros e resultados, intervalo, plano de cargos e salários, banco de horas, remuneração por produtividade e trabalho remoto.

É imprescindível que profissionais de Recursos Humanos e Administração se atualizem quanto às novas leis trabalhistas. Em nosso curso de departamento pessoal online você tem a chance de conhecer mais profundamente essa temática para aplicar de forma correta na empresa onde trabalha. Além deste, temos ainda por aqui o Curso Online CTPS - Carteira de Trabalho e Previdência Social‍, que explana acerca dos direitos e deveres das empresas e dos trabalhadores celetista, vale a pena conhecer.

Rotinas Diárias do Departamento de Pessoal

O tópico acima, abordado em nosso curso de departamento pessoal, está relacionado diretamente com as principais funções dos profissionais desta área. Toda e qualquer empresa precisa de alguém apto para organizar e elaborar documentos relativos às contratações e demissões de funcionários, além dos trâmites legais que as corporações precisam manter sempre em dia. Algumas, podem contar com o setor de departamento pessoal somente, ou colocá-lo lado a lado com outros também essenciais para seu funcionamento, como o de contabilidade e o de recursos humanos

Não são poucas as rotinas de departamento pessoal diárias, e por isso sugerimos a realização de cursos online com certificado de qualidade para conhecer o passo a passo de cada uma delas. Há tarefas simples e bem complexas, todas com sua importância dentro de qualquer estabelecimento, pois sem elas, se torna impossível atingir objetivos básicos, até mesmo o processo de pagar e receber, contratar e demitir, cortar gastos, melhorar rendimentos, estar em dia com a lei, etc.

Para que você fique por dentro dos principais pontos ligados ao dia a dia destes especialistas, vamos destrinchar abaixo, um pouco do que você encontra em cursos online do ramo. Veja:

Processo de Admissão

Poder contar com um ou mais funcionários, dependendo da necessidade e do porte, é sempre bom para toda empresa. Direcionar as tarefas e ter um corpo de empregados abrangente e eficiente só ajuda a gerar lucros e fazer a economia do país girar. Mas para que o processo de admissão seja concluído com sucesso, a corporação dependerá do know-how do departamento pessoal, que dará todas as coordenadas para que sejam cumpridas as normas legais.

Há toda uma rotina antes do funcionário começar a trabalhar e ter sua carteira assinada. O profissional de DP solicitará alguns documentos pessoais que permitam a identificação de um novo trabalhador no mercado e o início da garantia dos direitos dele. É imprescindível que a documentação esteja completa, pois a empresa passará a ser fiscalizada pelo Ministério do Trabalho a partir da contratação.

Os documentos básicos são a Carteira de Trabalho e Previdência Social - CTPS; documento de identidade; CPF; certidão de casamento e de nascimento dos filhos, se houver; atestado médico admissional (realizado por conta do empregador); documento que comprove a escolaridade; comprovantes de endereço; cartão PIS; título de eleitor. Outros podem ser solicitadas conforme a necessidade de cada empresa.

Em cursos a distância você consegue ter uma visão mais ampla do que consiste todo o processo admissional. Temos como exemplo nosso curso online sobre Recursos Humanos‍, uma das sugestões para complementar seu currículo com muita eficácia nesse sentido.

curso de auxiliar de departamento pessoal

Contrato de Trabalho

Outro item que faz parte do curso online auxiliar de departamento pessoal é o que aborda sobre os contratos de trabalho. Quando uma empresa contrata um funcionário, além do registro em carteira, deve haver a elaboração do Contrato Individual de Trabalho, que vai estabelecer o vínculo empregatício por escrito, contendo expressamente a data de início do contrato, a jornada de trabalho, horário de trabalho com intervalo para almoço ou jantar, o valor do salário, e mais informações imprescindíveis para a formalização.

Quando as duas partes forem assinar a CTPS, para agilizar os processos, já podem também firmar o contrato de trabalho. É decisão da empresa adotar, inicialmente, um contrato de experiência de até 90 dias. Esse tipo de relação é bastante comum, pois é uma forma de enxergar os pontos positivos e negativos do novo funcionário e a aderência dele às funções.

Contrato de trabalho por prazo determinado

Em nosso curso de departamento pessoal online você também descobrirá que há contratos que podem ser firmados já com as datas de início e de expiração definidas. Essa modalidade é muito utilizada no caso de cargos que precisam ser abertos temporariamente (para eventos ou outras situações esporádicas) ou para vagas abertas para cobrir férias ou licenças de determinados funcionários.

Quando é assim, o funcionário tem a Carteira de Trabalho assinada normalmente, constando nela as datas de início e término do contrato, as possíveis prorrogações e a referência à Lei n.º 9.601/98, que dispõe sobre o contrato de trabalho por prazo determinado. Além disso, o tempo de serviço, mesmo que seja pouco, é contado para a aposentadoria.

Contrato de trabalho menor aprendiz

Chamamos de aprendiz o trabalhador que possui entre 14 e 24 anos e que está inscrito em algum programa voltado para esse âmbito, seja estatal ou particular. O contrato a ser firmado é de aprendizagem, considerado um contrato de trabalho especial, que precisa ser ajustado por escrito e sempre por prazo determinado. Nesse documento, a empresa se responsabiliza a garantir a formação técnico-profissional metódica.

O trabalho a ser realizado deve ser compatível com o desenvolvimento físico, moral e psicológico do jovem. E por lei, o tempo de contrato do menor aprendiz não pode ultrapassar dois anos consecutivos, salvo quando o jovem possui deficiência.

Jornada de Trabalho

Uma das coisas que mais gera processos trabalhistas é o abuso quanto à jornada de trabalho. Por isso, esse é um tema que deve ser muito estudado em qualquer curso de departamento pessoal bem avaliado, para que não gere riscos a qualquer uma das partes envolvidas.

Importante saber que a CLT, hoje, determina que a jornada diária do trabalhador não pode ultrapassar oito horas e as horas extras devem ser limitadas a duas horas por dia. Enquanto a jornada semanal deve ser de até 44 horas regulares, a mensal deve se limitar a 220 horas. As novas regras trazem um novo parâmetro para o acordo empregado/empresa, pois se for consensual, a jornada poderá ser de 12 horas por dia, mas só poderá ser válida mediante alteração em contrato para a escala 12/36.

Nesse turno, o funcionário trabalha 12 horas seguidas e descansa 36. Lembrando que tal escala já existe na atual legislação, mas só podia entrar em vigor após acordo coletivo da categoria. Com as novas diretrizes, o acerto documentado entre as duas partes pode bastar para que a jornada seja modificada. Algumas atividades podem se beneficiar com a facilidade trazida pela mudança da lei, como a de enfermagem, medicina, industrial, etc.

Qualquer que seja o segmento da empresa, o departamento pessoal deve estar preparado para elaborar a folha de pagamento do funcionário, na qual há a apuração da jornada de trabalho, para que sejam pagas as horas corretas trabalhadas por ele. São contadas também as horas extras realizadas e/ou descontados os atrasos a as faltas. Caso a empresa adote o sistema de banco de horas para os empregados, algo bastante comum hoje em dia, é preciso ter um controle do tempo a mais que o funcionário trabalhará e a gestão de como serão utilizadas essas horas. Mas vale saber que o limite para horas extras diárias são de até duas horas.

Nessa "contagem", o profissional deve levar em conta a categoria na qual o funcionário se enquadra, priorizando o cumprimento das normas legais. Há alguns trabalhos considerados insalubres e perigosos, justificando o pagamento, conforme a lei, de valores adicionais, dependendo do nível de nocividade. Para ficar por dentro disso, nada melhor do que cursos online com certificado práticos e completos, que tal?

Os certificados do Educamundo podem ser usados para:


Prova de Títulos em Concursos Públicos

Horas complementares para faculdades

Complemento de horas para cursos técnicos

Progressão de carreira em empresas

Turbinar seu currículo

Revolucionar sua vida profissional e acadêmica
No Educamundo você se matricula por 1 ano, investindo apenas R$69,90, sem mensalidades. Você terá acesso todos mais de 1.200 cursos e contará com a opção de obtenção de certificados de diversas cargas horarias, que vão de 5 até 360 horas. Inscreva-se agora mesmo.

Jornada de trabalho noturna

Quem procura fazer um curso de auxiliar de departamento pessoal deve ficar atento também às jornadas noturnas, elementos essenciais para setores que necessitam de trabalhadores das 22h às 5h, algo muito comum nas grandes cidades. Esse tipo de trabalho pede uma carga física maior do que o que é exercido durante o dia, e por isso, quem é contratado nessa vigência, possui a hora de trabalho diferenciada.

Importante ressaltar que na folha de pagamento, as horas noturnas devem vir com um acréscimo de, no mínimo, 20% sobre o valor da hora de trabalho diurna, portanto, esse tipo de informação deve estar bem clara para o setor responsável.

No curso online auxiliar de departamento pessoal você conhecerá todas as alternativas previstas para o trabalho noturno, incluindo a jornada mista, caracterizada quando o trabalhador começa o serviço durante o dia e o termina à noite. Neste caso, será pago o adicional noturno somente para as horas realizadas no período noturno.

Qualifique-se no curso de auxiliar de departamento pessoal do Educamundo

São muitos dados que precisam ser conhecidos por estudantes e profissionais voltados para a área de administração, direito trabalhista e recursos humanos. Com conteúdos elaborados por um setor pedagógico dedicado, o curso de auxiliar de departamento pessoal aqui do Educamundo se mostra uma das alternativas mais interessantes para você que visa crescer nesse ramo.

Inscreva-se agora no portal e garanta já o acesso à grade completa de cursos a distância durante um ano inteiro, sem mensalidades. O investimento para adquirir essa oportunidade é de apenas R$69,90, está esperando o quê? Comece agora a apostar em seu futuro profissional com os melhores cursos online do mercado.

Esperamos que tenha gostado de nosso artigo, caso tenha dúvidas acerca das rotinas de departamento pessoal ou de algum curso online em específico, deixe um comentário para a gente. Até uma próxima!

Data Modificação  14/11/2017
Colunista

Equipe Educamundo

 

.

 Aguarde...

© www.educamundo.com.br - Todos os direitos reservados

Use seu smartphone para ler este codigo.

C
o
m
p
a
r
t
i
l
h
a
r