Nunca se falou tanto em violência contra a mulher como nos últimos tempos.

Isso se dá, pois, atualmente, o assunto vem sendo debatido, questionado, argumentado e tratado nas mais diversas formas.

Esse crime diferencia-se dos demais, pois trata-se de um ataque a um grupo específico da população, cometido principalmente por razões de gênero, o que ocasiona grande indignação de toda sociedade.

Se você tiver interesse em conhecer mais sobre as formas de representação da violência contra mulheres, o seu conceito e algumas curiosidades sobre o tema, continue lendo que vamos tratar tudo isso neste breve texto.

O que é a violência contra a mulher?

Como informado anteriormente, a violência contra a mulher é um tipo de violência grave e que pode ser considerada um crime de gênero e até mesmo um crime de ódio em situações específicas.

Esse crime pode se apresentar de várias formas, seja através da lesão física, sexual, moral e que pode ser cometido tanto na esfera pública (sendo realizado inclusive com a anuência do Estado), quanto na esfera privada, além de estar presente em todos os níveis sociais.

Os principais tipos de violência contra a mulher

A violência pode se apresentar de várias formas, abaixo vamos listar as principais.

Violência física

A violência física pode se apresentar de várias formas, seja através de tapas, socos, espancamentos, empurrões e qualquer tipo de violência que acabe ofendendo a integridade da mulher.

Muitas vezes, esse tipo de violência pode resultar no feminicídio, por isso, é importante estar atento aos sinais e tomar as medidas cabíveis o mais rápido possível.

Você sabia que o apedrejamento ainda causa a morte de mulheres no mundo?

Embora não seja uma realidade muito popular no ocidente, o apedrejamento ainda é uma forma de violência física realizada principalmente contra mulheres e, em muitos casos, realizada pelo próprio estado ou tolerado por este.

Na maioria dos casos, os envolvidos têm como fundamento a sua própria religião.

Violência psicológica

Condutas realizadas contra a mulher que lhe cause dano emocional ou que abalem a sua autoestima são consideradas tipos de violência psicológica.

Na maioria dos casos, as mulheres não compreendem que estão sofrendo qualquer tipo de violência e, por este motivo, não fazem a denúncia.

Violência sexual

A violência sexual está relacionada à obrigação da mulher a realizar, participar, ver ou qualquer outro verbo relacionado a sua participação em atividade sexual não desejada.

Além disso, aquele que obrigue a mulher a tomar anticoncepcionais (ou proibir seu uso), forçar o matrimônio, gravidez ou prostituição ou obrigá-la a ter tantos filhos sem a sua respectiva anuência, também é considerado um tipo de violência sexual.

O que é violência obstétrica?

A violência obstétrica pode ocorrer em quatro momentos distintos: na gestação, no parto, nascimento ou no pós-parto e pode se apresentar através de várias formas de violência levando-as a realizar procedimentos que não respeitem seus corpos ou as impeça de tomar decisões.

Delegacia de defesa da mulher, notificação compulsória e a denúncia

Apesar deste tipo de violência ainda ser uma realidade presente, as mulheres, atualmente, contam com várias formas de denúncia para afastar seus agressores.

Dentre elas, está a Central de Atendimento à Mulher (onde você pode ligar para o 180) e a delegacia de defesa da mulher, um ambiente especializado e presente em todos os estados do país.

Além disso, profissionais da saúde que chegam a presenciar ou tratar de mulheres que tenham sofrido violência, podem utilizar o instrumento da notificação compulsória e realizar o registro da violência.

Os certificados do Educamundo podem ser usados para:


Prova de Títulos em Concursos Públicos

Horas complementares para faculdades

Complemento de horas para cursos técnicos

Progressão de carreira em empresas

Turbinar seu currículo

Revolucionar sua vida profissional e acadêmica

Aprenda mais sobre o assunto com o Educamundo

Gostou do tema e tem interesse em estudar mais?

O nosso setor pedagógico criou o Curso Online Feminicídio para você entender mais sobre esse tipo de violência de gênero.

Para ter acesso a este e a mais de 1200 cursos online com certificado opcional do Pacote Master nas mais diversas áreas é bem simples. Basta investir apenas R$ 69,90 uma única vez no ano e ter acesso completo a esse mar de conteúdo.

São cursos online em mais de 20 áreas do conhecimento humano.

O que está esperando para começar seus estudos? Inscreva-se no portal e dê o pontapé que faltava para o início de sua carreira de sucesso!

O mercado não espera por você. Cadastre agora e qualifique-se: