Automação industrial é um assunto com uma vasta abrangência e certa complexidade. Entretanto, há como explicar como funciona esse universo de forma que facilite o entendimento. Uma maneira muito eficiente de fazer isso é usar a Pirâmide da Automação Industrial.

Esse é o propósito deste post, que também traz outros elementos relacionados ao contexto da pirâmide e que são tópicos abordados no Curso Online Instrumentação e Automação Industrial do Educamundo.

Pirâmide da Automação Industrial: entenda a automação como um todo

A Pirâmide da Automação Industrial representa a hierarquia dos níveis de trabalho e controle em automação. Nesses níveis estão representados todos os elementos envolvidos na automação, do gerenciamento corporativo aos dispositivos e equipamentos.

Os 5 níveis da pirâmide e o controle de processos nas indústrias de transformação e outras

O que são indústrias de transformação

Não é difícil entender o que são as indústrias de transformação, elas representam todo tipo de indústria que transforma matéria-prima em produto, seja para o consumidor final seja para outra indústria de transformação.

Indústria de transformação exemplo:

Um exemplo de indústria de transformação é uma refinaria de petróleo. Ela transforma a matéria-prima tanto para repassar ao consumir (combustível) quanto para repassar para outra indústria, a petroquímica (nafta, que é transformada em plástico).

Níveis da Pirâmide da Automação Industrial (da base ao topo)

1. Dispositivo de campo

O nível “dispositivo de campo” representa a aquisição de dados e o controle manual. Nele estão contidos máquinas, dispositivos de campo, sensores, transmissores e atuadores. Por ser o nível com menor inteligência envolvida, é chamado de “chão de fábrica”.

2. Controle Individual de atividades na planta

Neste nível estão todos os equipamentos que realizam controle automatizado. Com um nível de inteligência um pouco maior, o nível representa as indicações das diretrizes de automação e abriga dispositivos como CLPs (controladores lógicos programáveis), relés (chaves eletromecânicas) e SDCDs (sistemas digitais de controle distribuído).

3. Supervisão e otimização dos processos industriais

Como o nome diz, este nível representa tudo que é feito a fim de otimizar e supervisionar os processos industriais. Essas ações podem, inclusive, serem feitas de forma remota, por meio de ferramentas de controle e supervisão.

4. Gestão de planta

Diretamente relacionado ao controle fabril, este nível é responsável por planejar e programar a produção. Ajuda com os processos industriais e também com a logística de suprimentos.

5. Administração de recursos

O nível do topo da pirâmide agrupa os softwares de gestão de vendas, BI (Business Intelligence ou "inteligência de negócios) e gestão financeira. É a parte responsável pelo gerenciamento corporativo e planejamento estratégico. O foco deste nível é totalmente na administração dos recursos e na tomada de decisões.

Os certificados do Educamundo podem ser usados para:


Prova de Títulos em Concursos Públicos

Horas complementares para faculdades

Complemento de horas para cursos técnicos

Progressão de carreira em empresas

Turbinar seu currículo

Revolucionar sua vida profissional e acadêmica

Capacite em automação e instrumentação industrial

Nossa opção em curso de instrumentação e automação industrial dá a você um bom embasamento sobre os aspectos mais importantes desse segmento profissional.

Você investe R$69,90 para fazer a sua inscrição nesse curso e ganha acesso a mais de 1.200 cursos online, todos componentes do Pacote Master. Durante um ano inteiro, período de vigência da sua matrícula, você pode fazer quantos desses cursos quiser.

Inscreva-se agora mesmo e aprenda no melhor portal de cursos online com certificado do país. Bons estudos!