Você quer juntar seu dinheiro de forma segura e, nesse processo, sempre acaba optando pela poupança? Bem, essa não é a melhor opção em termos de rentabilidade. Isso, provavelmente, você já sabe. Porém, será que sabe o que é Tesouro Direito? Hoje, vamos apresentar os principais detalhes desta forma de investimento que trabalha com a compra e venda de títulos públicos federais.

Aqui no portal, temos o Curso Online Tesouro Direito, o qual oferece todas as informações necessárias para você que deseja aumentar seus ganhos financeiros aplicando capital com baixo risco. Contudo, no texto de hoje, será possível ter uma ideia ampla desse programa ofertado desde 2002. Boa leitura!

O que é Tesouro Direito?

A Secretaria do Tesouro Nacional é um órgão federal, criado por meio do Decreto Nº 92.452, em 1986, dentro da estrutura do Ministério da Fazenda. Seu objetivo é trabalhar com diversas questões de ordem financeira ligadas à União, ao Banco Central e ao Banco do Brasil.

Contudo, no ano de 2002, foi lançado o Programa Tesouro Direito. Ele funciona como um banco de investimentos do qual qualquer pessoa com CPF válido pode participar. A sua ideia é incentivar a sociedade a investir em títulos do Tesouro Nacional, estimulando a movimentação financeira no país.

Esses títulos são como comprovantes de empréstimo que o governo está contraindo com cada cidadão. E, por essa cessão de capital, você precisa ser remunerado, algo que vem na forma de juros.

Ou seja, depois de investir no Tesouro, seu dinheiro passa um tempo sendo usado pelo poder público. Na hora do resgate do capital, você recebe um valor maior do que aquele aplicado inicialmente, como uma forma de compensação.

Pode ser do seu interesse: Conheça todas as vantagens de investir em renda fixa. 

Como investir no Tesouro Direito?

O programa tem parceria com a Bolsa de Valores do Brasil (B3) e funciona totalmente online, o que facilita toda a aplicação financeira. Contudo, para quem quer saber como investir no Tesouro Direito, vamos apresentar os passos básicos para realizar esse processo.

Antes de qualquer coisa é preciso ter uma conta corrente e escolher um banco ou uma corretora para ser o “intermediário” do investimento.  Depois de definir qual será essa instituição financeira, é só fazer o cadastro voltado para o Tesouro Direto. A partir daí, a B3 vai lhe enviar por email uma senha de acesso à área de investidores.

De posse desse código, entre no site oficial do Tesouro e escolha o título que atende aos seus objetivos. Atualmente, existem dois tipos básicos: os prefixados e os pós-fixados. E cada um deles possui rentabilidades, valores e data de vencimento específicas. Tudo isso pode ser conferido na sua área privativa do site.

Escolhido o título, é só clicar na aba “investir” e digitar o valor desejado para a aplicação. No Tesouro Direito, você pode trabalhar com valores bem baixos, sendo o preço mínimo pouco maior do que R$ 30. Feito esse processo, basta completar a transação e o valor será debitado da sua conta do banco ou da corretora informada no momento do cadastro.

Os horários de investimento

É preciso lembrar que existe um horário específico para fazer todo esse procedimento.  As transações precisam ser realizadas apenas em dias úteis, das 9h30 até 18h. Caso você entre no site fora desse período, poderá consultar o seu saldo, ver os títulos disponíveis, mas não realizar movimentações de compra e venda.

O que é título prefixado?

Além de conhecer o processo mecânico para investir no Tesouro Direito, você precisa entender a diferença entre os títulos disponíveis. Apenas assim será possível fazer o melhor investimento. Por isso, vamos explicar rapidamente o que é o título prefixado e como ele funciona.

Nesse tipo de investimento, a rentabilidade é calculada no momento da aplicação, o que garante maior segurança. Afinal, você sabe exatamente quanto vai receber na hora do resgate do valor. Esse título é bom para quem busca investimentos de médio ou longo prazo e está dividido em duas modalidades.

Na primeira delas, o capital é resgatado de forma integral mais rendimentos ao final de um período predeterminado. No segundo caso, são debitados dividendos periódicos, a cada seis meses, em sua conta até a data de vencimento do título.

Neste processo, o montante total fica um pouco menor, mas é interessante para quem busca capital de forma regular.

Os certificados do Educamundo podem ser usados para:


Prova de Títulos em Concursos Públicos

Horas complementares para faculdades

Complemento de horas para cursos técnicos

Progressão de carreira em empresas

Turbinar seu currículo

Revolucionar sua vida profissional e acadêmica

O que é título pós-fixado

O título pós-fixado, diferentemente do anterior, trabalha com uma rentabilidade variada. Isso porque ele leva em conta indicadores econômicos em seus cálculos. Estes incluem a inflação e a taxa Selic. E é com base nesses índices que podemos subdividir essa categoria em dois grupos: Tesouro Selic e Tesouro IPCA+.

O primeiro acompanha a taxa de juros básica da economia, usada como padrão para diversas transações financeiras, incluindo empréstimos e financiamentos. Se a Selic estiver alta, sua rentabilidade dispara, porém se o valor cair, os juros que você irá receber já não serão assim tão altos.

Contudo, independentemente do caso, seu investimento inicial sempre aumenta e pode ser resgatado na data de validade do título ou antecipadamente.

O Tesouro IPCA+ leva em conta a inflação, protegendo o seu capital da depreciação monetária que ocorre ao longo do tempo. Sendo assim, seu dinheiro mantém o poder de compra que possuía no momento da aplicação. Para que isso ocorra, o Tesouro Direto trabalha com uma taxa real que está sempre acima do IPCA do período, mas varia de acordo com este.

Desse modo, o montante final a ser recebido é um somatório das duas taxas citadas. E esse resgate pode ocorrer no final da validade do título ou por meio de rendimentos semestrais.

Tanto o investimento Selic como o IPCA+ é indicado para aplicações de longo, médio ou curto prazo.

O que é taxa IPCA?

A taxa IPCA, tão importante nos títulos pós-fixados, significa índice de preços ao consumidor amplo. Ela é calculada de forma mensal pelo IBGE e indica a variação de preços no comércio. Por isso, é considerada o índice oficial da inflação.

O que é tesouro direto

E então, gostou do artigo de hoje? Aqui, apresentamos apenas as informações básicas sobre o Tesouro Direto, mas você pode ampliar muito mais seu conhecimento por meio de nossos cursos online. Temos conteúdos nas mais diferentes áreas do conhecimento, incluindo finanças, educação, direito, entre outras.

Portanto, cadastre-se agora mesmo aqui no Educamundo e descubra nossos mais de 1.200 cursos online com certificado opcional. Tudo isso por apenas R$ 69,90 ao ano, sem mensalidades.  

Caso tenha mais alguma dúvida sobre Tesouro Direito, escreva aqui nos comentários que vamos respondê-lo!

O mercado não espera por você. Cadastre agora e qualifique-se: