Muitas vezes, com tantos desafios em sala de aula, ficamos em dúvida sobre como estimular os nossos alunos e valorizar o aprendizado. Descobrir como utilizar as atividades lúdicas pode proporcionar momentos incríveis de construção do conhecimento na escola.

Pensando nisso, o Educamundo elaborou o Curso Online Ludicidade, que pode ajudar a alavancar sua carreira e melhorar o desenvolvimento dos seus educandos. Tal curso online mostra como suas aulas podem se tornar mais divertidas e interessantes.

Para saber mais sobre esse assunto, acompanhe o nosso artigo, que está repleto de informações sobre o lúdico na escola.

Conceito de ludicidade e como trabalhar atividades lúdicas

Quando falamos em ludicidade, rapidamente podemos pensar na ideia de brincadeira, mas este conceito não se restringe apenas à noção de divertimento. Ele está ligado à evolução que tais práticas podem trazer para o aprendizado em diversos aspectos importantes para o desenvolvimento humano. 

O professor que conseguir incorporar este conhecimento à sua prática estará preparado para lidar com os desafios pedagógicos. Portanto, para aperfeiçoar a sua didática, recomendamos o nosso curso online Ludicidade do Educamundo, que pode te ajudar a esclarecer diversas questões sobre como trabalhar com o lúdico em sala de aula. O portal oferece mais de 1200 cursos online com certificado e Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) intuitivo, rápido e otimizado. 

Pode parecer que o “brincar” faça parte apenas do universo das crianças, mas pelo contrário, durante toda a nossa trajetória os aspectos lúdicos são importantes para a vida. Na infância, a criança consegue, por meio de jogos lúdicos, se expressar, construir o seu mundo, se relacionar com os outros e interagir com a realidade a sua volta. Dessa forma, a prática lúdica possibilita o aprendizado significativo em relação aos seus próprios sentimentos, às regras, à compreensão do outro e ao enriquecimento da criatividade no curso de educação infantil.

Durante a fase adulta, às vezes, ficamos muito presos às rotinas intensas de trabalho, estresse, competições e responsabilidades, por isso se envolver em projetos lúdicos pode aliviar as tensões, trazer alegria e descontração. Além disso, é uma ótima opção para a saúde mental. Quem não brinca fica muito fechado no seu próprio mundo e adoece lentamente.

A ludicidade pode ser considerada como fundamental para qualquer ser humano, seja qual for a sua idade. As atividades lúdicas abrem caminho para reflexão e podem ser muito positivas na formação do educador, pois a sua base é trabalhar com o autoconhecimento. Dessa forma, podemos considerar a ludicidade muito valiosa para todas as idades, desde o curso de educação infantil até o ensino superior.

A brincadeira traz felicidade e nos permite viver de forma mais leve. Já ouviu aquela frase que todo mundo tem uma criança dentro de si? Essa é uma afirmação verdadeira e que não pode ser deixada de lado. Afinal, o lúdico propicia a imaginação, a solução de problemas e possibilita a descoberta de novas possibilidades. Na sala de aula, os ganhos são imensuráveis, o aprendizado fica mais leve e o conhecimento pode ser construído em conjunto.

Para Piaget (1967): “o jogo não pode ser visto apenas como divertimento ou brincadeira para desgastar energia, pois ele favorece o desenvolvimento físico, cognitivo, afetivo e moral ”. Portanto, o brincar é uma necessidade básica e fundamental para o ser humano.

Vejamos quais são os benefícios ligados às atividades lúdicas:

  • Estímulo à independência;

  • Desenvolvimento de habilidades motoras;

  • Socialização;

  • Interação;

  • Autoconhecimento;

  • Melhora na percepção auditiva e visual;

  • Relação entre o mundo externo e interno;

  • Desenvolvimento da imaginação;

  • Vivenciar sentimentos positivos.

Quer saber mais sobre o nosso Curso Online Ludicidade‍? Nele, mostramos várias formas para incluir o lúdico na educação infantil. Os nossos cursos a distância contam com uma equipe pedagógica competente que sempre atualizam os nossos cursos, selecionando conteúdos relevantes para você.

Cursos relacionados que podem te interessar:

Abordagem histórica sobre ludicidade

Na história da humanidade os jogos lúdicos sempre estiveram presentes. Em diferentes grupos, há registros de que a ludicidade estava sempre acompanhando a educação.

No Brasil, a presença de diversas culturas, como a dos negros, dos portugueses e dos índios, enriqueceu o nosso repertório e trouxe diversos valores e influências para a nossa prática. Já no contexto indígena, os filhos eram ensinados a sobreviver em meio a natureza, pois eles precisavam aprender a caçar, a pescar e a serem independentes. Nessa realidade, todos esses aprendizados eram considerados como uma brincadeira pelo olhar da criança. Ali, ela utilizava algo da natureza para ser o seu brinquedo. Vale lembrar que por volta do século XV o lúdico foi considerado como algo desrespeitoso pela igreja e sua prática só foi retomada, posteriormente, pelos jesuítas.

A chamada “Pedagogia Nova” (séc. XX) possibilitou uma nova perspectiva sobre a educação, a partir desse período começou-se a pensar mais em feiras de ciências, pesquisas e meios de investigação. Com a Revolução de 30 e um mercado efervescido, era preciso oferta de mão de obra específica para ocupar as empresas, o que desencadeou a necessidade de uma educação de qualidade. Nessa época, foi fundado o Ministério da Educação e Saúde Pública.

No ensino da matemática, por exemplo, muitos professores ao longo do tempo começaram a procurar novas formas de aplicar o conhecimento em sala de aula e passaram a pesquisar o processo de ensino-aprendizagem na infância, na tentativa de modificar o ensino tradicional.

No fim do séc. XX, juntamente com a elaboração dos PCN´s (Parâmetros Curriculares Nacionais) há uma difusão direcionada para novas práticas, com orientações para a atividade em sala de aula.

Pesquisas na área de psicologia, sociologia e pedagogia colaboraram para a consciência sobre as crianças e a importância dos jogos lúdicos. Desde então, a ludicidade deixou de ser vista como mera distração e passou a ser considerada peça fundamental no processo de ensino-aprendizagem.

Você pode ser um professor que inclui a ludicidade na sua prática e para chegar lá, basta se dedicar aos estudos. Com o curso online Ludicidade do Educamundo, você vai se preparar para os diferentes desafios presentes na escola. Esse curso é direcionado para todos os profissionais que queiram se desenvolver profissionalmente e atualizar seus conhecimentos. Os cursos online com certificado possuem carga horária de 5h a 360h e é possível selecionar a melhor opção que desejar.

atividades lúdicas

O lúdico na formação do educador

A formação do educador é fundamental para o desenvolvimento de seus alunos. Mesmo assim, sabemos que em diferentes regiões do país este profissional encontra condições precárias de trabalho, baixos salários e pouco acesso a uma formação adequada. Certamente, o conhecimento oferece ao professor novas formas de vivenciar e refletir as ações que fazem parte da sua rotina, além de nortear o caminho para lidar com as necessidades singulares de cada educando. Esse acesso facilita o lúdico na educação infantil, tornando-se parte essencial do aprendizado.

Sabemos que, muitas vezes, as atividades lúdicas são utilizadas apenas para preencher o tempo livre, quando deveriam fazer parte do currículo e ser usada como suporte no ensino. Especialmente no período pré-escolar, a brincadeira é indispensável para a vivência na escola. O lúdico na educação infantil é a base para o crescimento e a oportunidade de entrar em contato com novos saberes. Por isso, esse tema deve ser muito explorado nos cursos de formação de professores.

O profissional que trabalhar o lúdico e obter novos conhecimentos sobre essa prática pode proporcionar um ambiente rico e acolhedor na escola. Portanto, essa capacidade deve ser muito incentivada. O uso do lúdico na educação infantil como ferramenta de sua prática em sala de aula propicia novas formas de interação, além de explorar habilidades imaginárias e de organização dos alunos. Esse jeito de trabalhar cria situações para que as crianças sejam ativas e saibam reconhecer suas emoções, as regras e a lidar com o outro.

Compreender as atividades lúdicas desde o curso de graduação é importante não apenas para o pedagogo ou docente das séries iniciais, mas para o professor que atua em qualquer esfera. Assim, será possível visualizar uma formação contínua, na qual o lúdico estará sempre presente, independente da idade ou série escolar de seus alunos. Incluir as atividades lúdicas na metodologia de ensino é uma maneira de engrandecer essa etapa tão importante da escolar. Já pensou em melhorar a sua prática pedagógica com cursos online? Os cursos a distância do nosso portal são referência e podem trazer diversos conhecimentos para a sua área de atuação.

A ludicidade para Kishimoto

Tizuko Morchida Kishimoto é uma pesquisadora na área de educação que trabalha com investigações na área de formação de professores e muitas pesquisas ligadas à infância. A autora nos lembra que a criança é considerada uma cidadã de direto e como tal ela deve ter acesso ao brinquedo e à brincadeira.

Temos o exemplo do bebê no berço que ao ser estimulado com um móbile, vai escolher como manuseá-lo, seja com a mão, com o pé ou a boca. Esse contato com o brinquedo que está disponível traz novas experiências, contato com novas texturas, cores e objetos. A exploração e o contato com o brinquedo carrega diversos elementos culturais, pois as formas de brincar são diferentes em cada sociedade. Um menino que mora no Japão pode brincar com o “hashi”. Já no Brasil, um garoto da mesma idade brinca com um garfo, por exemplo.

A pesquisadora enfatiza o termo “cultura lúdica”, relacionado ao saber acumulado pelas crianças que possuem contato constante com a brincadeira. Elas possuem flexibilidade, capacidade de escolha, aprendem a dialogar, a descobrir o mundo e pensam em novas soluções para continuar brincando.

Em uma entrevista para a Univesp, Kishimoto explica que o professor deve estar atento na sala de aula para mediar as atividades lúdicas. A brincadeira de “faz de conta”, geralmente, não acontece quando há somente mesas e cadeias no espaço escolar. É preciso proporcionar um ambiente rico e que tenha diferentes materiais para explorar e enriquecer o lúdico. A ação do professor é importante no momento de incluir novos itens para que a brincadeira avance e tenha continuidade.

Para que as crianças possam representar o mundo doméstico, é necessário que alguns objetos desse contexto estejam acessíveis. Assim, há a possibilidade de imitar o mundo adulto. Ela traz o exemplo de uma menina que brincava de secar a louça, mas utilizava a própria blusa. O professor então, percebendo que faltava esse item, buscou um pano na cozinha. Dessa forma, a brincadeira continuou e a criança pode prosseguir com o “faz de conta”.

Alguns costumes atuais, como deixar a criança jogando videogame grande parte do tempo, brincando sozinho, empobrece a vivência da criança. A brincadeira não é uma habilidade inata, a criança aprende com o convívio em sociedade e é muito importante que nós, adultos, tenhamos essa consciência para proporcionarmos experiências significativas e de grande aprendizado.

No curso de educação infantil do Educamundo, você vai aprender sobre atividades, jogos e brincadeiras que podem fazer parte do seu dia a dia em sala de aula. Fazer cursos online é forma simples de adquirir conhecimento e estar sempre atualizado! Não perca tempo e matricule-se logo no nosso portal, você terá acesso a diversos cursos a distância e ficará preparado para o mercado de trabalho!

Os certificados do Educamundo podem ser usados para:


Prova de Títulos em Concursos Públicos

Horas complementares para faculdades

Complemento de horas para cursos técnicos

Progressão de carreira em empresas

Turbinar seu currículo

Revolucionar sua vida profissional e acadêmica

Ludicidade e Psicomotricidade

A psicomotricidade refere-se ao conceito de movimento que engloba as vivências individuais, as questões emocionais, motoras e cognitivas. Nesse sentido, corpo e movimento não podem ser separados. O estudo da psicomotricidade envolve aspectos cognitivos, afetivos e de movimento que são interligados e compõem as nossas relações.

Quando pensamos em ambiente escolar, é comum associarmos esse local a um espaço estático, onde o aluno deve ficar quieto e prestar atenção, mas não deveria ser assim. Na educação infantil, por exemplo, os alunos ainda não sabem ler ou fazer cálculos e, portanto, as ações pedagógicas devem ser exploradas pensando no movimento corporal. O professor precisa unir tanto a ludicidade quanto a psicomotricidade nas suas propostas, que englobem vivências diversas e trabalhe as questões emocionais, motoras e cognitivas.

Nós temos diversas habilidades psicomotoras que podem ser desenvolvidas. Vamos ver algumas abaixo?

  • Motoras: força, equilíbro, flexibilidade, coordenação fina (escrita), coordenação ampla (movimento) e lateralidade.

  • Comportamentais: desinibição, socialização, saúde, vivências emocionais.

  • Expressivas: fluência verbal, ritmo, expressão dramática, dicção, destreza manual.

A ideia de explorar cada uma delas favorece um aprendizado prazeroso, que não é focado apenas no resultado ou na cobrança de memorização de conteúdos. Trabalhar movimento e ludicidade é desenvolver o aluno, respeitando o processo de ensino aprendizagem. Assim, podemos concluir que o movimento deve ser trabalhado associado às funções cognitivas para que ocorra um desenvolvimento integral no ambiente escolar.

Para você aprender mais sobre todos os aspectos mencionados nesse artigo, é importante fazer o nosso curso de ludicidade. Nele, você vai entender como utilizar diversos elementos lúdicos em sala de aula.

No Educamundo você tem acesso a mais de 1200 cursos online com certificado no Pacote Master durante todo um ano e pode acessá-los sempre que desejar, tudo isso por uma taxa de apenas R$69,90. 

O professor precisa sempre estar atento a novas abordagens, desenvolvendo cada vez mais a sua prática de ensino. Portanto, para conseguir conviver com os desafios do cotidiano, nada melhor do que estudar e pesquisar sempre.

O nosso site é uma ótima escolha para adquirir novos conhecimentos. Nós temos pacotes de diferentes cargas horárias para você escolher o curso online que mais se adequa as suas necessidades. O investimento no certificado é opcional e a grande vantagem é a possibilidade de se atualizar e se destacar na sua área de atuação, fazendo os cursos online no conforto de sua casa!

Gostou desse post? Compartilhe com os amigos!