Home / Blog / Administração / Ferramentas administrativas mais cobradas em concursos
ferramentas administrativas Administração

Ferramentas administrativas mais cobradas em concursos

  • Por: Equipe Educamundo
  • 27/05/2021

Se você é concurseiro deve saber que em provas para cargos administrativos, planejamento estratégico (PE) e suas principais ferramentas administrativas são temas que sempre marcam presença.  

Essa incidência faz com que esses temas mereçam bastante atenção, sobretudo por seus detalhamentos.  

Por isso, fizemos um apanhado de informações sobre esses tópicos. Além disso, temos uma ótima indicação. Em nosso portal há o Curso Online Planejamento Estratégico, que também pode ser bastante útil em seus estudos e preparação para os certames.  

Vamos lá? 

A importância do planejamento estratégico nas organizações privadas e públicas 

O planejamento estratégico é que diz quem é a empresa, que define sua missão, visão e valores e que norteia seus planos de ação.  

A partir do planejamento estratégico, que como o próprio nome diz, é criado no nível estratégico das organizações é que o nível tático desdobra as metas em ações para colocar em prática junto ao operacional.  

Para que esses desdobramentos aconteçam e fluam como o planejado e esperado são usadas algumas ferramentas administrativas do PE.  

Aliás, essas ferramentas têm sido amplamente utilizadas em vários processos em que seja preciso avaliar a empresa e definir funções e encarregados, dentre outras finalidades, conforme você verá mais adiante.  

Mas que ferramentas são essas e quais são as mais exigidas em concursos públicos? Veja a seguir. 

Quais ferramentas administrativas estudar para provas de concurso? 

Selecionamos três dentre as mais cobradas nos processos de seleção via concurso. Cada uma delas têm funções e características específicas.  

Matriz SWOT 

Também conhecida como análise SWOT, a matriz SWOT é a ferramenta que vai ajudar a empresa a encontrar e identificar forças (strenghts), fraquezas (weaknesses), oportunidades (opportunities) e ameças (threats). 

Em português, essa análise é conhecida como FOFA, anagrama para as características citadas acima.  

A análise SWOT (ou FOFA) estuda: 

  • o ambiente interno: o conjunto de recursos físicos, financeiros e humanos que podem ser controlados. Nesse ambiente estão — e são levantados na matriz SWOT — os pontos fortes e as fraquezas da organização em relação aos concorrentes. Assim se consegue administrar de forma estratégica cada fator identificado, seja pera melhorias seja para reforçar o que está dando certo.  

  • o ambiente externo: sobre este ambiente a organização não consegue exercer controle, são coisas que dependem de fatores fora dos limites da empresa. No entanto, esse ambiente pode ser monitorado. O que se deve saber aqui é o que monitorar. Por exemplo: os fatores macro ambientais, como questões demográficas, políticas, econômicas e tecnológicas e os fatores micro ambientais, como consumidores, fornecedores etc., e a partir disso eliminar ou minimizar as ameaças e aproveitar as oportunidades para melhorar a produção, lucratividade, economia de recursos etc.  

A partir da identificação e do levantamento dessas análises, é que se consegue desenvolver ações para fortalecer os pontos positivos, trabalhar nos pontos devem melhorar, identificar as chances de crescimento e onde há chance de aumentar as oportunidades. 

A partir do levantamento de todos esses fatores se pode partir para os planos de ação. Nesta etapa se pode utilizar ferramentas como a 5W2H, que define o que fazer, quando será feito, por que e por quem será feito e como será feito.  

Mas como saber o que deve ser feito primeiro? Aqui entra nossa próxima ferramenta.  

Matriz GUT 

Levantadas as informações, é hora de criar os planos de ação. No entanto, como saber o que fazer primeiro ou o que é mais urgente?  

Para isso há uma ferramenta que ajuda a dar uma ideia de pelo que começar: a matriz GUT. Essa ferramenta separa e etiqueta como “gravidade”, “urgência” e “tendência” — daí o acrônimo GUT. 

Ela funciona da seguinte forma: 

  1. Os problemas são todos listados; 

  1. Para cada um se atribui uma nota de 1 a 5 para gravidade, urgência e tendência. Exemplo: G=2, U=4, T=4; 

  1. Os resultados dessas três variáveis são multiplicados: 2x4x4 = 32. Digamos que outro tenha tido as seguintes notas: 5x1x3 = 15. O que vai ser resolvido primeiro será o que teve a nota maior (32). 

A partir daí se pode criar o plano de ação e usar a 5W2H, conforme falamos anteriormente.  

Balanced Scorecard 

Balance Scorecard (BSC) ou “Indicadores Balanceados de Desempenho” foi criado por Robert Kaplan e David Norton, ambos professores alocados na Harvard Business School, na década de90. 

Essa ferramenta inovou ao instigar um olhar sobre outras perspectivas que não somente a dos indicadores contábeis e financeiros para se ter sucesso no negócio.  

O BSC norteia para que se enxergue as métricas de negócio de uma organização de forma balanceada e com uma relação de causa e efeito entre elas.  

A metodologia tem componentes como: 

  • as perspectivas, que são, originalmente, quatro: financeira; clientes; processos internos; e aprendizado e crescimento; 

  • os objetivos estratégicos, que definem o caminho que a empresa deve tomar e indicam uma resposta a um questionamento depois de um determinado período — como como estará a situação financeira da empresa no final do ano; 

  • os indicadores chave de desempenho, que medem as perspectivas após os objetivos estratégicos serem estabelecidos.  

Essas três ferramentas são as mais exigidas em concursos. Nossa dica é estudar bastante sobre elas. Para isso, você pode contar com nossos cursos, como o Curso Online Planejamento Estratégico e o Curso Online Balanced Scorecard.  

Você opta pelo nosso Plano Master, que tem uma assinatura única e anual de R$ 69,90 e tem acesso a esses dois cursos online e a todos os demais disponíveis em nosso portal. São mais de 1.200 opções, em várias áreas do conhecimento.

Venha para o portal que é referência em cursos online com certificado opcional no país. Matricule-se e comece a se preparar agora mesmo! 

Para finalizar, listamos alguns concursos públicos que acontecem este ano.  

Concursos públicos de 2021 

  • Marinha 

  • Exército 

  • Departamento Penitenciário Nacional (Depen) 

  • Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) 

  • Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) 

  • Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) 

Dentre os mais esperados está o da Receita Federal que, segundo informações na mídia, pode acontecer ainda neste ano.  

Gostou do artigo? Comente e compartilhe! 

Artigos que podem te interessar:

Artigos em Destaque