As novas tecnologias na educação têm sido de grande ajuda para o ensino, pois diversas ferramentas pedagógicas são desenvolvidas a partir delas. Nos últimos anos, por exemplo, podemos observar um crescimento considerável dos cursos EAD, um sistema de ensino que permite as pessoas estudarem de onde elas estiverem e no horário que preferirem por meio da internet. 

A faculdade EAD garante a democratização do ensino

Com a faculdade EAD, muitas pessoas que antes não tinha acesso ao ensino superior, hoje conseguem a tão sonhada formação. 

Existem opções para todas as necessidades: cursos livres, de idiomas, de graduação, de pós-graduação. Esses cursos a distância são “uma mão na roda” para aqueles que, por algum motivo, não conseguem estudar de forma presencial.

O que é inclusão digital

Inclusão digital é a disponibilização de recursos que garanta o acesso de todos os cidadãos às tecnologias, de forma igualitária. Ou seja, trata-se da democratização da tecnologia. Dessa forma, todos podem usufruir das ferramentas tecnológicas de comunicação e informação.

Cursos e faculdades EAD promovem a inclusão na Educação

Além de serem práticos e flexíveis, a faculdade EAD e demais cursos a distância têm um papel social fundamental e atuam promovendo a democratização do ensino. A educação a distância garante que o conhecimento chegue até pessoas que não teriam acesso a ele se não fosse por esse método.

Consequentemente, essas pessoas terão mais oportunidades, principalmente, no mercado de trabalho que está cada vez mais exigente e concorrido. Se antes elas não poderiam ter uma educação superior por não conseguirem ir até o curso presencial, agora elas têm acesso a tudo sem precisar sair de casa.

Exemplos de inclusão social promovido pelas novas tecnologias na educação

Quando falamos que o ensino EAD garante que a educação chegue a pessoas que não conseguem frequentar o presencial, não estamos falando apenas da dificuldade em encontrar tempo para estudar. Muitas vezes falta de condições financeiras e dificuldades para chegar até o espaço físico, seja por morar em um local muito afastado ou devido alguma deficiência física, também impedem que elas consigam cursar uma faculdade presencial.

Por se tratar de um curso a distância, pessoas que têm uma rotina agitada, com pouco tempo disponível, conseguem estudar com mais facilidade, pois podem fazer seu próprio horário de estudo. Além disso, sabemos que pessoas com deficiência muitas vezes possuem dificuldades em se locomover e a acessibilidade no nosso país ainda precisa evoluir muito, dessa forma é mais confortável que elas estudem a partir dessa modalidade.

Por fim, o custo de um curso EAD é bem menor do que um presencial, isso porque a instituição não tem tantos gastos com a infraestrutura física, consequentemente conseguem oferecer mensalidades mais acessíveis. Isso garante que pessoas com baixa renda tenha acesso à educação, seja superior, idiomas ou cursos de extensão.

Portanto, não faltam exemplos de inclusão social promovidos pela educação a distância.

Os certificados do Educamundo podem ser usados para:


Prova de Títulos em Concursos Públicos

Horas complementares para faculdades

Complemento de horas para cursos técnicos

Progressão de carreira em empresas

Turbinar seu currículo

Revolucionar sua vida profissional e acadêmica

Qualifica-se com o Educamundo

Para compreender melhor o papel das novas tecnologias para a inclusão na educação recomendamos o Curso Online Inclusão Digital.

Cursos online com certificado são essenciais para manter o currículo e os conhecimentos atualizados. Você pode investir apenas R$69,90 por ano e ter acesso não só a esse curso, mas a todos os mais de 1.200 cursos online do Pacote Master.  Faça sua nscrição no Educamundo e comece já seus estudos!