Você, que está entrando no mercado de trabalho ou buscando por novas oportunidades, já se imaginou trabalhando no setor de Recursos Humanos de uma empresa pública ou privada? Em caso negativo, talvez seja a hora de considerar esta opção. Mesmo para quem não possui a qualificação necessária para concorrer a uma posição, não há desculpas: é cada vez mais o número de cursos online que oferecem qualificação neste segmento, especializado em desenvolver e gerenciar planos de carreira dentro das empresas, com base em estratégias de recrutamento, seleção, avaliação e treinamento de colaboradores. Além disso, os profissionais de RH também são peças ativas na política de salários das companhias.

Agora que já te introduzimos ao mundo dos Recursos Humanos, que conhecer um pouco mais sobre a carreira e os cursos online de Gestão de Recursos Humanos que você pode inserir em seu currículo, além da graduação? Acompanhe nosso artigo na íntegra e tire todas as suas dúvidas! Boa leitura!

Formação profissional

Há certo tempo, os departamentos de Recursos Humanos eram compostos, única e exclusivamente, por profissionais formados na área de Administração de Empresas e Psicologia. Porém, seguindo a modernização, globalização de todos os processos e surgimento de novas áreas profissionais, outros cursos começaram a pertencer a este universo, com destaque para as graduações tecnológicas, cursos técnicos e cursos livres e cursos online de formação, capacitação e qualificação.

Não há a obrigatoriedade de formação superior - ou especializações na área - para que os interessados atuem no setor de RH. Porém, dependendo do nível de formação, as possibilidades profissionais diferenciam-se. É possível conquistar boas oportunidades iniciais realizando o curso online de Gestão de Recursos Humanos ou ainda o curso online de Recrutamento e Seleção de Pessoal, ambos oferecidos pelo Educamundo, nosso portal de cursos online de formação, capacitação e qualificação.

Acompanhe a seguir algumas informações relevantes sobre os dois cursos e conheça os principais tópicos e informações que são abordados ao longo dos estudos:

Curso online Gestão de Recursos Humanos

O curso online de Gestão de Recursos Humanos permite uma formação completa e capacitação de profissionais e aspirantes para atuação nos setores de Recursos Humanos de empresas públicas e privadas. Além de desenvolver estratégias de comunicação interna e motivação, os cursistas recebem conhecimentos valiosos sobre recrutamento e seleção de pessoas, com base nas metodologias de administração do capital intelectual.

Ao longo do conteúdo programático os alunos vivenciam conceitos relacionados ao desenvolvimento organizacional, planejamento e desenvolvimento de carreira, avaliação de desempenho e treinamento e desenvolvimento, além de, é claro, recrutamento e seleção. Ao final do curso, espera-se que os alunos sejam capazes de realizar tarefas pertinentes ao dia a dia do setor, respeitando as normas de relações trabalhistas.

Cursos relacionados que podem te interessar:

Curso online Recrutamento e Seleção de Pessoal

A fim de complementar os conhecimentos obtidos com o curso online de Gestão de RH, os interessados podem optar também pela capacitação profissional com o curso online de Recrutamento e Seleção de Pessoal. Neste curso EAD, o foco é o estudo de estratégias voltadas para os processos de formação de equipes, com destaque para os papeis da grafologia, tecnologia, inteligência organizacional e validade dos testes realizados nos processos seletivos.

Adquirindo os conhecimentos teóricos propostos pelo curso, o aluno matriculado será capacitado para realizar atividades relacionadas ao recrutamento e seleção de pessoas, sempre considerando e valorizando a estratégia empresarial.

Além dos cursos online específicos na área, os interessados podem se aperfeiçoar realizando outros cursos igualmente importantes, com destaque para cursos de idiomas, pacote Office, legislação trabalhista, segurança no trabalho, dinâmicas de grupo e softwares de controle de ponto e folha de pagamento.

É interessante, também, que o profissional de Recursos Humanos possua algumas características específicas como habilidades numéricas, habilidades de comunicação, bom relacionamento interpessoal, objetividade, paciência, discrição e consciência comercial.

Mercado de Trabalho

A carreira de um profissional de Recursos Humanos pode ser trilhada em empresas públicas, privadas, do terceiro setor, indústria, comércio e empresas de consultoria, nos mais variado setores. Dentro das organizações, os profissionais bem qualificados podem se destacar nas entrevistas de emprego e processos seletivos e, por fim, ocupar cargos como:

• Assistente de recursos humanos

• Assistente de salários e afins

• Assistente para recrutamento e seleção

• Assistente para treinamento e desenvolvimento

• Analista de recursos humanos

• Gerente de recursos humanos

• Diretor de recursos humanos

A área de Gestão de Recursos Humanos é bem promissora, uma vez que permite uma interessante ascensão aos níveis de direção e gerência. Porém, é imprescindível que os profissionais estejam sempre atentos ao que acontece em todos os setores da empresa em que atua, uma vez que o departamento é responsável por analisar as relações profissionais internas, além das relações interpessoais. Afinal, sabe-se que quando o ambiente corporativo é leve e bem alinhado, torna-se muito mais produtivo!

É interessante que o profissional de RH saiba lidar, emocionalmente e psicologicamente, com os mais variados tipos de perfis. Em meio a um processo de tomada de decisão, por exemplo, um profissional versátil saberá contornar os reflexos de suas decisões com maestria e, consequentemente, sucesso.

Além de um perfil marcante e focado, quem atua na área e almeja construir uma carreira baseada em bons resultados deve, obrigatoriamente, trazer em seus currículos bons cursos de qualificação e especialização, como os cursos online de formação profissional, graduação e pós-graduação.

Utilizando os dados apresentados pelo Guia Salarial da Robert Half 2016, empresa especializada em recrutamento especializado, listamos a seguir os salários médios para 16 cargos da área de Recursos Humanos, em setores distintos:

• Diretor de Recursos Humanos: R$ 20 mil a R$ 50 mil

• Gerente de Recursos Humanos: R$ 10 mil a R$ 25 mil

• Coordenador de Recursos Humanos: R$ 5.500 a R$ 12.500

• Analista de Recursos Humanos: R$ 4.500 a R$ 8.700

• Gerente de Remuneração e Benefícios: R$ 9 mil a R$ 22 mil

• Coordenador de Remuneração e Benefícios: R$ 7 mil a R$ 14 mil

• Analista de Remuneração e Benefícios: R$ 4.500 a R$ 9.500

• Gerente de Treinamento e Desenvolvimento: R$ 8.500 a R$ 23 mil

• Coordenador de Treinamento e Desenvolvimento: R$ 5.500 a R$ 13 mil

• Analista de Treinamento e Desenvolvimento: R$ 3.525 a R$ 8.200

• Gerente de Administração de Pessoal: R$ 8 mil a R$ 18.500

• Coordenador de Administração de Pessoal: R$ 5.500 a R$ 11.500

• Analista de Administração de Pessoal: R$ 3.500 a R$ 7.500

• Gerente Business Partner: R$ 13 mil a R$ 28 mil

• Coordenador Business Partner: R$ 6.550 a R$ 13.500

• Analista Business Partner: R$ 4 mil a R$ 9 mil



Áreas de atuação

Os profissionais qualificados para atuar no setor de Recursos Humanos exercem, no geral, tarefas relacionadas aos processos de seleção, treinamento, desenvolvimento e remuneração, nas quais são as encaixadas as seguintes responsabilidades:

Elaboração de processos seletivos: recrutamento de candidatos através de sites, plataformas de vagas de emprego, triagem de currículos, dinâmicas em grupo e entrevistas individuais;

Análise de cargos e salários: descrição das atividades realizadas por cada um dos cargos, realização de pesquisas salariais e elaboração de organogramas;

Treinamento e desenvolvimento: mapeamento e desenvolvimento de gaps (que são os “vazios” entre as competências demonstradas por um setor/colaborador e as esperadas pelas organizações) e realização de cursos, palestras e workshops visando o desenvolvimento dos colaboradores;

Remunerações e benefícios: gestão de todos os salários e benefícios que compõe a remuneração mensal dos colaboradores, como pagamento de salários mensais, horas extras, insalubridade, periculosidade, anuênios, férias, gratificações, planos de saúde e auxílios alimentação, refeição e transporte.

Comunicação interna: publicação e acompanhamento de avisos e memorandos, além da gestão de todos os canais internos e comunicação, como a intranet. Controla também artigos referentes à empresa, posições em aberto, confraternizações, cursos de qualificação, entre outros.

Gestão de clima organizacional: análise e avaliação da qualidade de vida do colaborador dentro da empresa, através de pesquisas direcionadas, visando a melhoria do ambiente e clima organizacionais.

Desafios dos profissionais de Recursos Humanos no mercado atual

Enquanto há alguns anos as tarefas dos profissionais de RH limitavam-se apenas à contratação, demissão e gestão de salários e benefícios, o mercado atual exige muito mais destes profissionais: a preparação para enfrentar novos desafios, rumo a uma excelente gestão de relacionamentos, desafios estes que são:

1. Participar ativamente como gestor interno

O grande diferencial de um gestor de RH de sucesso é, sem sombra de dúvidas, participar ativamente do dia a dia da fábrica. Muitos profissionais acreditam que uma boa gestão de pessoas pode ser realizada apenas em frente ao computador, ou dentro de uma sala fechada. Porém, é exatamente o contrário.

As companhias precisam dos chamados “gestores de chão de fábrica”, ou seja, aqueles que vivem, sentem e compartilham as dificuldades de seus colaboradores. Desta forma, o profissional criará um relacionamento estreito com os funcionários, conhecendo e avaliando bem de perto suas dificuldades, diferenciais e, também qualidades.

2. Investir e desenvolver liderança

Você já ouviu falar que liderança vem de berço? Pode até ser verdade, mas nada impede que a liderança seja conquistada através de cursos e aconselhamentos de coachings. Os gestores devem ter em mente que precisam conquistar esta habilidade, seja como for. Espera-se que bons líderes tornem-se inspiradores às suas equipes!

No curso online de Liderança, por exemplo, os interessados aprendem estratégias de administração, negociação e percepção, três qualidades essenciais a um bom gestor. Além de trazer ao currículo qualificações como persuasão e organização pessoal, o curso à distância também trabalha os principais tipos de liderança e motivação das equipes, facilitando a execução das tarefas.

3. Desenvolver habilidades de comunicação

Não existem regras para uma boa comunicação, já que cada empresa possui uma cultura, missões e valores. Porém, desenvolver habilidades de comunicação contribui com a formação de equipes entrosadas, confiantes e, sem sombra de dúvidas, mais fortes. Quando um gestor de RH peca neste quesito, as chances de formar equipes inseguras são mais altas, uma vez que os colaboradores podem não confiar plenamente nas estratégias de seus líderes.

Os cursos online na área da comunicação são ferramentas que auxiliam o gestor neste desafio. Para quem necessita dominar práticas de oratória, a fim de superar quadros de nervosismo e conquistar autoconfiança, o curso online de Como Falar em Público surge como uma boa fonte de formação. Espera-se que ao final desse curso os profissionais e interessados estejam aptos a trocar informações de forma simples, direta, eficaz e descontraída.

Os certificados do Educamundo podem ser usados para:


Prova de Títulos em Concursos Públicos

Horas complementares para faculdades

Complemento de horas para cursos técnicos

Progressão de carreira em empresas

Turbinar seu currículo

Revolucionar sua vida profissional e acadêmica

4. Saber avaliar situações e tomar decisões

Tomar decisões precipitadas não pode fazer parte da rotina de um gestor de Recursos Humanos, já que o mercado altamente acirrado exige companhias cada vez mais competitivas. A tomada de decisões deve originar de um longo processo analítico e sistêmico, baseado em informações relevantes e concisas.

Saber avaliar os cenários e tomar as decisões acertadas é um dos principais desafios do gestor de Recursos Humanos. Em meio à necessidade de demitir pessoal, por exemplo, é preciso analisar o mercado, como um todo, além de atentar-se aos sentimentos, expectativas e questionamentos dos colaboradores, principais envolvidos na situação.

5. Desenvolver estratégias e habilidades para suavizar conflitos internos

Nem sempre o ambiente corporativo é regado de ótimos relacionamentos interpessoais. Conflitos internos são bem mais comuns do que se imagina, e cabe ao profissional do setor saber lidar com delicadeza, tato e flexibilidade. O gestor deve estar aberto a analisar todas estas situações, sejam elas positivas ou negativas, para assim utilizar as estratégias adequadas para amenizar os conflitos. Vale salientar que, além de resolver as questões confortavelmente, o profissional deve evitar maiores confusões e desconfortos entre os colaboradores envolvidos, já que isso afeta diretamente no rendimento, produtividade e satisfação da equipe.

Com este panorama completo sobre a Gestão de Recursos Humanos, desde a formação profissional indicada para carreira aos principais desafios enfrentados pelos profissionais do setor, esperamos que você tenha sanado todas as suas dúvidas e sinta-se preparado para atuar neste mercado. As dicas valem tanto para quem já atua como profissional de RH e deseja valorizar e certificar seus conhecimentos, como para aqueles que estão em busca de novas atividades profissionais.

Você não possui a qualificação ideal para se tornar um profissional de Recursos Humanos? Saiba que aqui no Educamundo possuímos cursos online, com possibilidade de certificação, que turbinarão seu currículo. São mais de 1200 cursos online nas áreas de Formação Profissional, Indústria e Tecnologia, Educação, Administração, Idiomas, Informática e muito mais! 

Inscreva-se nos cursos online do Educamundo e comece a se preparar hoje mesmo. Caso ainda tenha dúvidas, deixe seu comentário que responderemos o mais breve possível! Caso ache melhor, também estamos disponíveis via telefone e através da nossa central de atendimento; basta abrir um chamado e aguardar nosso retorno.