Os cursos online surgem como boas opções tanto para as pessoas que procuram complementar os estudos, quanto para as que buscam se capacitar. Aperfeiçoamento e atualização, para atingir um bom posicionamento no mercado ou progressão na carreira, são também motivos recorrentes para a procura de educação à distância. Antes de dar início aos estudos, além de ter em mente o que são cursos online e saber sobre os aspectos legais dos mesmos, é necessário observar algumas questões, como a escolha da empresa ou instituição de ensino, serviços prestados e os custos. Ficamos motivados a logo optar pelos mais baratos, contudo, estar atento apenas a preço quase sempre não é uma boa opção, já que todos os serviços da empresa ou instituição de ensino demandam gastos, por exemplo, com profissionais especializados e toda sua estrutura física e tecnológica.

Várias empresas, impulsionadas por essa preferência equivocada, oferecem cursos online gratuitos, gerando uma grande competição no mercado. Com a finalidade de se manterem bem colocadas nessa disputa, essas empresas vendem os “benefícios” desse tipo de curso aos alunos. Mas, é importante lembrar: o barato quase sempre vai lhe sair caro.

Antes de decidir realizar sua matrícula em portais gratuitos de Cursos EAD, preste muita atenção, compare com outros portais e sempre desconfie.

Veja 4 pontos que deve analisar antes de se matricular em algum portal de cursos online

  1. Reputação da empresa ou instituição de ensino

    Faça uma apuração detalhada sobre a reputação das mesmas. Na atualidade, com a ajuda do desenvolvimento tecnológico, o acesso à informação é cada vez mais rápido e prático. É possível disseminar opiniões em questão de minutos. Use isso a seu favor, pesquise em sites como Reclame Aqui e redes sociais. Pondere a visão de alunos que compartilham suas opiniões e alertam outras pessoas em relação à reputação das empresas e instituições. Meça a quantidade de reclamações e se a empresa se preocupa em solucionar o maior número delas. Assim, é possível perceber a conduta das instituições diante de situações conflituosas e ter uma ideia de como essas se comportarão caso você tenha algum tipo de problema com os serviços oferecidos.

    O impacto na credibilidade das empresas pode ser observado também nos portais. Leia os depoimentos de alunos que fizeram os cursos e veja se as informações contidas nos site são tratadas com transparência.

  2. Qualidades dos serviços

    Preze sempre pela qualidade dos cursos online. Ao decidir matricular-se em cursos à distância, é esperada uma qualidade tanto no atendimento dado ao aluno quanto nos conteúdos disponibilizados. A qualidade interfere diretamente na eficácia do aprendizado. Os portais que oferecem a gratuidade do ensino podem desprezar essa questão, já que o investimento em profissionais capacitados é uma grande despesa. Faça uma busca para saber como são selecionados os materiais de estudos e se a empresa ou instituição que você está contratando detém de um setor pedagógico especialmente dedicado na criação e atualização constante de todo conteúdo.
  3. Certificados e período de estudos para liberação

    Procure saber das exigências sobre o período de estudos e das condições sobre certificação. Alguns sites disponibilizam a certificação do curso realizado logo após o pagamento de taxas, ou seja, não é exigido um período mínimo de estudos. Desconfie! A agilidade do serviço pode aparentar um bom atributo para a empresa, mas o que não percebemos é a desconsideração do real aprendizado do aluno. Prefira cursos que demandem dedicação e opte por empresas e instituições que estimulem a busca de conhecimento pelo estudante. Além disso, a credibilidade dos certificados rápidos é muito baixa. Se você realiza um curso com alta carga horária e consegue recebe o certificado em poucas horas de estudo, ao apresentá-lo em um processo de seleção, é certo que irão desconfiar de tal certificação. Não existe profissional bobo mais. Ainda mais em um mercado tão concorrido como o de hoje.

    Ainda, confira se as informações sobre os valores do processo de certificação aparecem de forma clara nos portais. As empresas precisam lucrar de alguma forma e, ao dificultar o acesso a certas informações, podem aproveitar para cobrar taxas abusivas para emissão de certificados ou para acessar o conteúdo completo de algum curso, por exemplo.

    Outra dica importante é verificar se as instituições de ensino e empresas oferecem cursos livres com a modalidade de certificação que você necessita. São exigidas modalidades diferentes para cada objetivo, seja para fins curriculares, provas de títulos ou progressão na carreira e algumas empresas oferecem apenas um tipo de curso. Quem busca uma promoção em seu trabalho ou qualificar-se para uma determinada função é recomendada a modalidade capacitação. Aperfeiçoamento é indicado para aqueles que buscam o desenvolvimento de competências. Por fim, a modalidade de atualização é para aqueles que querem rever os conceitos da atividade profissional e modernizar-se.

    Os certificados do Educamundo podem ser usados para:


    Prova de Títulos em Concursos Públicos

    Horas complementares para faculdades

    Complemento de horas para cursos técnicos

    Progressão de carreira em empresas

    Turbinar seu currículo

    Revolucionar sua vida profissional e acadêmica
  4. Funcionamento e metodologia

    Pesquise sobre o funcionamento dos sites e a metodologia. Entenda todas as etapas de funcionamento dos portais, desde o momento do cadastro e acesso ao conteúdo até a finalização do curso e recebimento da certificação. Cada portal tem uma dinâmica diferente de atuação. Alguns vendem a gratuidade do serviço, mas cobram taxas absurdas por outras coisas, disponibilizam o acesso a somente um curso ou disponibilizam apenas uma carga-horária. Fique atento a essas questões.

    Atente-se também para o método de aprendizagem. Com a falta de tempo recorrente no nosso cotidiano, temos tendência a procurar por cursos que possuem maior flexibilidade de horários. Para atender essa demanda, opte pela metodologia de auto-aprendizagem. Nesse método, o aprendizado fica por conta do aluno, o que é bem vantajoso pois não depende de horários fixos de outros profissionais, dando mais flexibilidade para seus estudos. Além de ter autonomia no ritmo de estudos, é possível desenvolver a capacidade de construção de conhecimento, a capacidade crítica e aprofundar nos temas que mais lhe interessa. A metodologia de auto-aprendizagem possibilita que o aluno realmente entenda os conceitos ao invés de memorizá-los, que podem ser esquecidos após certo tempo.

    Siga nossas dicas, pesquise bem e não se deixe cair no conto da carochinha de cursos online grátis. Sua realização profissional e acadêmica merecem um cuidado maior e uma escolha mais criteriosa.

    Você já realizou cursos online grátis e o barato lhe saiu caro? Compartilhe conosco suas experiências nos comentários.