Home / Blog / Dicas / Como fazer um plano de estudos para concurso? Veja 4 passos
Como fazer um plano de estudos para concurso Dicas

Como fazer um plano de estudos para concurso? Veja 4 passos

  • Por: Equipe Educamundo
  • 02/02/2022

Planejar deve ser sempre o primeiro passo para qualquer grande objetivo e se estamos falando em aprovação para concurso público, então esse planejamento deve ser sólido e criado com base nas suas necessidades e peculiaridades.

Portanto, antes de abrir o primeiro livro ou assistir a primeira videoaula, é fundamental para o seu sucesso saber como fazer um plano de estudos para concurso e tê-lo à disposição para seguir uma rotina.

É de posse desse documento que você vai conseguir administrar o seu tempo e dedicá-lo àquilo que é mais importante para conquistar a tão sonhada aprovação.

Sabendo da importância de um bom cronograma e de um planejamento eficaz, nós do Educamundo preparamos um guia completo que busca reunir informações valiosas para você montar o seu próprio plano de estudos.

Preparado para isso? Então continue lendo e veja como fazer o seu.

Como fazer um plano de estudos para concurso?

Passo 1 - Se conheça

Antes de saber como ir e para onde ir, você precisa saber tudo sobre quem quer ir. Ou seja, descubra mais sobre você, quanto tempo você pode estudar por dia, qual a sua disposição para estudar todo esse tempo e se tem recursos disponíveis para investimento nos seus objetivos.

  • No primeiro quesito, é preciso entender bem quantas horas você tem disponível para estudo. Não estamos falando aqui de horas livres, mas de horas que podem ser transformadas em horas ativas de estudo. Coloque no papel o tempo livre e as horas que podem ser aproveitadas para ler livros ou assistir às suas videoaulas.

  • O segundo quesito trata de disposição. Veja, não é porque você tem 16 horas livres por dia para estudar que você vai conseguir estudar essas 16 horas, inclusive porque algumas matérias tem um conteúdo bem massante e que por vezes não flui bem. Por isso é interessante que, após descobrir quantas horas tem disponível por dia, saber quantas delas poderão ser utilizadas como horas efetivas de estudo.

  • Por fim, ter recursos para investir em seu grande objetivo que é a aprovação pode te ajudar a encurtar caminhos. Isso não significa necessariamente que quem não quer ou não pode investir não conseguirá a aprovação, mas se você puder investir em cursos ou em um bom site de questões, pode ter vantagens. O mais importante de tudo é a dedicação ao seu objetivo maior.

Passo 2 - Defina metas

No passo anterior eu pedi para você se conhecer e conhecer a sua rotina. É nesse momento que extraímos informações valiosas, inclusive sobre a carreira ou o cargo que almeja.

Por exemplo, você sempre ficou encantado com a carreira na Defensoria Pública e por isso quer estudar para esse cargo.

Com isso em mente, é preciso elaborar metas de curto, médio e longo prazo.

Baixe o edital do concurso almejado, planilhe o conteúdo programático e estabeleça prazos para concluí-lo. 

Revisar todo o conteúdo de Direito Penal em 3 meses pode ser uma meta de curto prazo, responder mil questões de penal pode ser uma meta de médio prazo, todas elas estão convergindo para o objetivo maior de longo prazo que é a sua aprovação no concurso almejado, no caso, para a Defensoria.

Vale mencionar também a importância da recompensa. Sempre que você bater a sua meta, se presenteie com algo que você fazer, como assistir sua série favorita ou simplesmente passar horas sem fazer nada.

Ter esse momento de descanso e recompensa vai te ajudar a seguir sem dor.

Passo 3 - Crie um ciclo de estudos

Sabendo quanto tempo tem disponível para estudo, quanto tempo você consegue ficar estudando, definido onde quer chegar e já tendo planilhado o conteúdo programático, então chegou o momento para você criar o ciclo de estudos.

Antes de mais nada, será preciso separar as matérias e colocá-las em uma escala que pra você é considerada mais difícil ou mais tranquila de se estudar. 

Pode ser de 1 a 3 definindo o que é fácil, médio ou difícil, respectivamente.

Logo em seguida, separe as disciplinas que você tem para estudar e defina, com base na escala criada, quantas horas você vai se dedicar ao seu estudo.

Por exemplo, se para você, o direito constitucional é uma matéria fácil, então dedique duas horas do seu ciclo. Agora, se o Direito Penal é uma matéria mais complicada para você, então separe três horas de estudo.

Os ciclos podem ser de 8h, 10h ou 20h, o importante aqui é seguí-lo e, quando finalizá-lo, iniciar novamente.

Passo 4 - Revise

Durante o seu estudo, você vai criar um material de revisão que podem ser simples anotações, flashcards ou mesmo mapas mentais.

Esse material será criado por você, feito com as suas palavras, da forma que melhor assimile o conteúdo.

No fim da semana, em um sábado ou domingo, você pode separar um tempo para revisá-los e em seguida, praticar com questões.

Elabore também um ciclo de revisões com base naquele de estudos mencionado acima e lembre-se de seguir um cronograma e sempre revisar esse conteúdo.

Os certificados do Educamundo podem ser usados para:




Prova de Títulos em Concursos Públicos

Horas complementares para faculdades

Complemento de horas para cursos técnicos

Progressão de carreira em empresas

Turbinar seu currículo

Revolucionar sua vida profissional e acadêmica

Planejamento no estudo para concursos é a base de tudo

Como vimos, planejar é a chave para o sucesso, ainda mais se está estudando para concursos públicos.

Por isso, além do estudo, você sabia que pode dar uma guinada no seu currículo aprendendo aquilo que se exige nos editais? Sim, é possível graças aos cursos online.

Aqui no Educamundo, fazendo a sua matrícula, você tem acesso completo a mais de 1200 opções de cursos online com certificado opcional em mais de 20 áreas do conhecimento humano. Ou seja, são cursos completos nas áreas do direito, administração, sociologia, psicologia, educação e muito mais.

O melhor de tudo é que para ter acesso a todo esse conteúdo, basta investir R$ 69,90 ao ano no Pacote Master, sem mensalidades.

Ah, e você ainda tem a possibilidade de emitir um certificado no final do treinamento, mas claro, é algo totalmente opcional.

Faça agora mesmo a sua matrícula e aproveite para estudar, aprender mais e ainda se qualificar.

Agora queremos saber: qual foi a sua maior dificuldade na hora de conseguir se organizar para estudar? Conta pra gente na caixa de comentários abaixo e compartilhe a sua experiência.

E se gostou deste artigo, não deixe de compartilhar com amigos e familiares, ok? Até a próxima!

Artigos que podem te interessar:

Artigos em Destaque