Quando estudamos a história do Brasil, aprendemos um pouco sobre o passado do nosso país e como as coisas evoluíram aos poucos até chegar ao que conhecemos hoje. 

Entretanto, alguns pequenos detalhes interessantes passam despercebidos nas aulas de histórias. No post de hoje, vamos te contar 4 curiosidades super interessantes sobre a Colonização no Brasil. Confira!

Conheça 4 fatos interessantes sobre a Colonização no Brasil

A colonização no Brasil foi um período longo, de muitas turbulências culturais, políticas e sociais. Muitos dos acontecimentos que aconteceram durante o Brasil Colônia influenciam até hoje em nossa sociedade.

Que tal descobrir alguns fatos curiosos desse período? Continue a leitura.

1. O café no período regencial

A economia no período regencial ia de mal a pior, uma vez que os produtos exportados pelo país, como o açúcar, encontrou fortes concorrentes na Europa, como o açúcar de beterraba.

 As coisas só melhoraram com o crescimento da exportação do café. O que muita gente não sabe é que no começo, o produto não teve muita adesão externa. Entretanto, seu consumo foi se popularizando no exterior aos poucos, auxiliando na recuperação da economia brasileira.

2. A independência do Brasil foi assinada por D. Leopoldina

Embora D. Pedro I tenha proclamado a independência do Brasil, quem assinou o documento foi D. Leopoldina, sua esposa. 

Isso porque D. Pedro I estava em Portugal resolvendo conflitos que poderiam atrapalhar a independência. Nesse período, nomeou então sua esposa, como Princesa regente interina durante sua ausência. 

Após diversos ultimatos, D. Leopoldina convocou o Conselho do Estado do RJ assinou, assim, a independência do Brasil. 

Mais uma pequena curiosidade: o decreto foi assinado no dia 02 de Setembro, não dia 07, quando é comemorada a tradicional data.

3. Porque Dom Pedro Primeiro abdicou ao trono?

D. Pedro I abdicou o trono por várias razões. Ele não tinha forte apoio político no Brasil e a morte do seu pai, D. João IV, o transformava em herdeiro de Portugal, o que aumentou a pressão europeia. Assim, abdica ao trono no dia 07 de Abril de 1831.

D. Pedro II, entretanto, tinha apenas 5 anos na época, não sendo apto para governar. Sendo assim, um grupo de regentes foi estruturado para tomar as decisões até que o herdeiro assumisse maior idade, iniciando assim, o período regencial.

Os certificados do Educamundo podem ser usados para:


Prova de Títulos em Concursos Públicos

Horas complementares para faculdades

Complemento de horas para cursos técnicos

Progressão de carreira em empresas

Turbinar seu currículo

Revolucionar sua vida profissional e acadêmica

4. A controversa Constituição de 1824

Um dos destaques da constituição de 1824 é o poder Moderador, que caracterizada a monarquia absolutista no Brasil. Graças a ele, o imperador poderia nomear cargos políticos, escolhendo assim, pessoas que apoiavam suas opiniões para governarem. 

Entretanto, havia outros pontos bastante controversos na constituição de 1824, como o voto censitário ou a obrigatoriedade de candidatos às eleições primários seguirem a religião católica.

Mesmo assim, a constituição de 1824 durou 65 anos, sendo a que mais vigorou até hoje no Brasil.

Gostou das nossas curiosidades? Quer aprender mais sobre o assunto? Então o Curso Online História do Brasil é perfeito para você! 

Por apenas R$ 69,90 você tem acesso a mais de 1.200 cursos online com certificado opcional do Pacote Master pelo período de 1 ano!

Não perca essa oportunidade! Inscreva-se hoje mesmo em nosso site e comece a estudar com cursos online!