Você sabe o que é um inquérito policial?

Trata-se de um procedimento estatal que busca reunir elementos para que o titular da ação possa ingressar em juízo. A polícia judiciária é a responsável pela apuração desses fatos.

Como se vê, o inquérito é um procedimento administrativo fundamental para a elucidação da infração penal.

Neste artigo vamos explicar o seu valor probatório, as características do inquérito policial e o seu prazo de conclusão, tudo baseando-se no material do nosso Curso Online Inquérito Policial. Continue lendo e entenda tudo isso agora mesmo. 

Características do inquérito policial e principais pontos sobre o tema

Segundo a doutrina majoritária, o inquérito policial possui cinco características específicas, quais sejam:

  • Inquisitivo: o inquérito é um procedimento inquisitivo, ou seja, não há neste procedimento, a possibilidade da garantia do contraditório e da ampla defesa;

  • Indisponibilidade: segundo o artigo 17 do código de processo penal, a autoridade policial não poderá mandar arquivar o inquérito policial.Neste caso, somente o Ministério Público pode pedir o arquivamento do inquérito;

  • Escrito: este procedimento deve ser escrito e todas as suas peças devem ser rubricadas pela autoridade policial. Regra constante do artigo 9º do CPP;

  • Sigiloso: de acordo com o artigo 20 do código de processo penal, poderá a autoridade assegurar ao inquérito o sigilo para a elucidação dos fatos, caso seja necessário. Vale mencionar que tal sigilo não é absoluto, podendo o advogado ter acesso a documentos e diligências;

  • Dispensável: o inquérito policial sempre acompanhará a denúncia ou queixa. Caso elas já possuam elementos de prova suficientes, ele se torna dispensável.

O valor probatório do inquérito policial: um resumo de processo penal

Como apresentado nas características acima, o inquérito policial é um procedimento dispensável. Além do mais, vimos também que no mesmo não se aplica o contraditório e a ampla defesa, motivo pelo qual o inquérito é peça informativa.

Analisando esse cenário é que podemos afirmar que em regra o juiz não poderá basear-se exclusivamente nos elementos colhidos no inquérito policial para formular a sentença (artigo 155 do código de processo penal).

Entretanto, para entender o valor probatório do inquérito policial, é preciso compreender que existem exceções, que são mencionadas no final do artigo 155 do CPP. Tais exceções são as provas cautelares, não repetíveis e antecipadas.

Qual o prazo de conclusão do inquérito policial?

Segundo o artigo 10 do código de processo penal, o inquérito policial deve terminar em 10 dias, se o indiciado estiver preso em flagrante ou preventivamente, contado o prazo a partir do dia que executar a ordem de prisão, ou 30 dias quando estiver solto, com ou sem fiança.

Essa é a regra geral, entretanto, existem exceções previstas em outras leis.

Os certificados do Educamundo podem ser usados para:


Prova de Títulos em Concursos Públicos

Horas complementares para faculdades

Complemento de horas para cursos técnicos

Progressão de carreira em empresas

Turbinar seu currículo

Revolucionar sua vida profissional e acadêmica

Resumo de inquérito policial: entenda isso e muito mais em nosso curso

Gostou do nosso resumo processo penal de inquérito policial? 

Contamos com um curso sompleto sobre o tema, o Curso Online Inquérito Policial, com conteúdos que explicam tudo sobre esse procedimento administrativo.

Se você quer aprender mais sobre a temática e ainda (caso queira) optar por se certificar, colocamos a sua disposição o Pacote Master que com mais de 1200 cursos online, buscamos transmitir conhecimento em mais de 20 áreas de atuação.

Para ter acesso completo a todos os cursos desse pacote, basta investir apenas R$ 69,90 uma única vez ao ano, sem mensalidades.

Não perca mais tempo, inscreva-se no portal, vá muito além do inquérito policial resumo e aprenda com o Educamundo, o portal de cursos online com certificado que mais cresce no país!

Ah, não esqueça de comentar e compartilhar este artigo com os amigos ok? Até a próxima!