A automação industrial é um conjunto de métodos e técnicas cujo objetivo é tornar automáticos os processos de indústrias de todos os segmentos, promovendo aumento de produtividade, diminuição de custos e maior segurança dos trabalhadores.

A indústria passou por várias transformações significativas desde a Primeira Revolução Industrial. A automação industrial foi uma dessas mudanças, que chegou como forma de melhorar a produtividade das organizações.

A instrumentação industrial, por sua vez, também passou a ter papel importante nesse cenário. Mas qual a diferença entre automação e instrumentação? Não é a mesma coisa?

Os dois termos geralmente causam certa confusão, estão diretamente ligados, mas têm definições distintas. Vamos explicar a você qual é essa diferença, assim como a relação entre instrumentação e automação industrial.

Automação e instrumentação: tudo que você precisa conhecer sobre o tema

Afinal, qual a diferença entre automação e instrumentação?

A automação estuda maneiras eficazes de substituir o trabalho manual pelo da máquina. A instrumentação trata de aperfeiçoar o desempenho dos processos industriais, pelo desenvolvimento e aplicação de instrumentos de controle e medição.

De forma simples, podemos dizer que a instrumentação está inserida na automação.

Por que acontece a automação de processos industriais?

A automação de processos industriais acontece pelo uso da tecnologia que mais se adapta a um processo ou equipamento, de forma a melhorar a relação de custo/benefício.

Como outra melhoria da automação, podemos citar a parte de mão de obra. Há uma ideia errada de que a automação tira o lugar de trabalhadores, na verdade, ela torna mais fáceis determinadas atividades repetitivas e perigosas. Dessa forma, garante a segurança no trabalho.

Exemplos de soluções práticas de instrumentação e automação

As soluções práticas de instrumentação e automação proporcionam uma série de benefícios a todos os setores da indústria.

Exemplos de elementos de automação e instrumentação:

  • Controladores Lógicos Programáveis (CLPs);

  • IHMs (equipamentos de tela que facilitação a interação homem-máquina);

  • Soft-starts (dispositivos eletrônicos que controlam a tensão de partida de motores elétricos trifásicos);

  • Relés de sobrecarga inteligente (para proteger, comandar e gerenciar dados de motores elétricos de baixa tensão);

  • Sensores e transdutores;

  • Medição de nível estático e dinâmico;

  • Envio de comandos remotos para partida e parada, entre outros..

Os certificados do Educamundo podem ser usados para:


Prova de Títulos em Concursos Públicos

Horas complementares para faculdades

Complemento de horas para cursos técnicos

Progressão de carreira em empresas

Turbinar seu currículo

Revolucionar sua vida profissional e acadêmica

Instrumentos de automação

A área tem componentes diversos com tarefas específicas. Exemplos de instrumentos de automação:

  • Comando Numérico Computadorizado (CNC): faz o controle de máquinas operatrizes, como fresadeiras, furadeiras e tornos.

  • Controladores Lógico Programáveis (CLPs): equipamentos eletrônicos que substituem qualquer sistema controlado por dispositivo eletromecânico.

  • Sistemas CAD e CAM (Computer Aided Design e Computer Aided Manufaturing): projetos e manufatura apoiados em softwares.

Quer se capacitar em automação e instrumentação industrial?

O Educamundo tem o Curso Online Instrumentação e Automação Industrial como uma excelente opção para quem quer dar os primeiros passos nessa área e a quem precisa reforçar e atualizar seus conhecimentos.

Esse é um dos cursos online mais buscados do portal e, para sua surpresa, ele não vem sozinho. Isso porque ao efetuar a sua inscrição, você ganha acesso ao Pacote Master, com mais de 1.200 opções em capacitação, e durante um ano, você pode fazer quantos cursos do Pacote quiser. O investimento é de apenas R$ 69,90.

Faça a sua inscrição agora mesmo e aproveite todos os benefícios de fazer nossos cursos online com certificado. Bons estudos!