Atendimento Educacional Especializado (AEE) é uma parte da Educação Especial cujo objetivo é atender, ao longo de sua vida escolar, alunos que têm necessidades educacionais especiais. 

O AEE é um forte instrumento de promoção da educação especial inclusiva, que elimina as barreiras existentes na escolarização de alunos com deficiência, transtornos globais do desenvolvimento (TGD) e altas habilidades ou superdotação.  

O problema é que nem todo professor entende exatamente a função do AEE — o que não é sua culpa, já que ninguém explicou com deveria funcionar. Por isso, decidimos abordar esse tema.  

Com essa referência, nosso portal também disponibiliza cursos online como o Curso Online Atendimento Educacional Especializado, que visa fornecer o máximo de conhecimento teórico sobre o tema.  

Então continue a leitura e compreenda um pouco mais sobre o assunto. 

O que é o atendimento educacional especializado? 

O Programa Atendimento Educacional Especializado é uma política pública direcionada a estudantes que têm necessidades específicas de aprendizagem.  

Essas necessidades precisam ser comprometidas e instrumentalizadas, o que acontece por meio da elaboração de aulas direcionadas, integração de equipe escolar e professor de AEE e, principalmente, pela disposição de recursos educacionais adequados.  

O que os professores precisam saber sobre o AEE 

O atendimento educacional especializado deve acontecer no contraturno, ou seja, no período oposto ao do ensino regular.  

Apesar disso, lembramos que também é direito desse aluno, e previsto por lei, ter o professor auxiliar em sala, durante o ensino regular.  

Para esclarecer: o professor de AEE não é o mesmo auxiliar de educação inclusiva. Eles devem trabalhar juntos, de forma integrada, mas um atua no contraturno e o outro acompanha o aluno na sala de aula comum. 

Se a escola não tem AEE, o professor deve solicitar à direção da escola, que, por sua vez, solicita à secretaria municipal de educação. Caso a secretaria não atenda a solicitação, o passo seguinte é ir ao Ministério Público.  

Parece radical, mas é a forma que se tem de garantir ao aluno com necessidades educacionais especiais o que é seu por direito.  

Em escolas privadas é a mesma coisa — essas instituições, inclusive, não podem repassar os custos com recursos de AEE para as famílias.  

Há, inclusive, orientações específicas sobre o Atendimento Educacional Especializado para as instituições privadas

Há diferenças entre educação especial e educação especial inclusiva? 

Quando falamos em atendimento educacional especializado sempre o associamos à educação especial e educação especial inclusiva.  

No entanto, essas duas terminologias às vezes causam confusão. Apesar de terem os mesmos objetivos, há diferença entre as duas.  

A educação especial é a área que atende e educa com exclusividade alunos com alguma deficiência, transtorno ou altas habilidades/superdotação. 

Já a educação especial inclusiva é a que promove o convívio das crianças especiais com as demais crianças, o que passou a acontecer quando foi garantido ao aluno com deficiência o acesso à educação regular básica.  

A partir da inclusão que nasceu o programa de atendimento educacional especializado.  

O desafio do AEE 

Um dos principais desafios do atendimento educacional especializado é a integração com família, gestão escolar e professores da classe comum. Essa articulação é que garantirá os resultados no processo de aprendizagem de alunos com deficiência e outros. 

O objetivo do professor do AEE é promover o aprendizado do aluno com necessidades especiais para que ele possa utilizá-los também na classe comum. 

Dessa forma, seu trabalho será em vão se esse aluno só utiliza, por exemplo, uma prancha de comunicação alternativa na sala de recursos e na sala de aula comum, em seu dia a dia escolar o professor não sabe como utilizá-la.  

Outro grande desafio, conforme sabemos bem é a escassez de recursos, principalmente em escolas públicas. Nem todas as instituições podem contar com as salas de recursos multifuncionais, mas, conforme dissemos logo no início, isso pode ser exigido à direção da escola e secretaria de educação.  

Tecnologias assistivas e a importância das salas de recursos multifuncionais 

As salas de recursos multifuncionais são os espaços onde é realizado o atendimento educacional especializado. Nelas estão dispostos materiais pedagógicos e recursos específicos para alunos que necessitam de AEE, conhecidos como tecnologias assistivas.  

Por tecnologia assistiva se define uma área do conhecimento que abrange todo tipo de recursos, estratégias, metodologias, serviços e práticas que visam tornar funcionais as atividades para pessoas incapacitadas ou com mobilidade reduzida.  

O espaço multifuncional é administrado pela gestão escolar e o professor que atuará nesse espaço deve ter uma formação específica para isso, com um bom nível de conhecimentos em Educação Infantil, adquiridos em cursos de capacitação ou aperfeiçoamento, atualização e especialização.  

Os certificados do Educamundo podem ser usados para:


Prova de Títulos em Concursos Públicos

Horas complementares para faculdades

Complemento de horas para cursos técnicos

Progressão de carreira em empresas

Turbinar seu currículo

Revolucionar sua vida profissional e acadêmica

Quais são as atribuições do professor de AEE? 

O professor do AEE tem várias atribuições. Conheça algumas delas: 

  1. Identificar as necessidades educacionais especiais (NEE): é ele quem define e implementa as estratégias de AEE, faz a adaptação curricular e elabora os procedimentos e práticas pedagógicas. 

  1. Planejar estudos coletivos com coordenação pedagógica, professor/es regente/s, profissional de apoio à inclusão (professor auxiliar), intérprete de libras e instrutor de braille. 

  1. Organizar os recursos pedagógicos e de acessibilidade essenciais para o desenvolvimento das atividades pedagógicas.  

  1. Se não houver esses recursos, encaminhar a solicitação à diretoria da escola. 

  1. Promover encontros com os pais dos alunos para socializar sobre seu desenvolvimento e aprendizagem. 

  1. Participar das reuniões de elaboração do regimento interno da instituição educacional, assim como Projeto Político-Pedagógico da escola. 

Onde se capacitar em atendimento educacional especializado (AEE) 

Aqui no Educamundo você se capacita, por meio de cursos livres, em várias áreas da Educação. Dentre elas, a educação especial e a inclusiva.  

Nosso portal é comprometido em oferecer conteúdo de qualidade e acesso facilitado. Por isso, por apenas R$ 69,90, você tem acesso ao Pacote Master, que tem mais de 1.200 cursos online com certificado opcional, durante um ano inteiro.  

Além do curso de atendimento educacional especializado, você encontra centenas de outros títulos voltados à educação especial, como tecnologia assistivaaltas habilidades/superdotaçãoautismotranstornos globais do desenvolvimento e outros.  

Não deixe para depois: faça sua matrícula agora mesmo e estude online, a qualquer dia e horário e de onde estiver.