Home / Blog / Dicas / O que é assédio moral no trabalho: 5 tópicos para entender
Assédio moral no trabalho Dicas

O que é assédio moral no trabalho: 5 tópicos para entender

  • Por: Equipe Educamundo
  • 20/01/2021

Ter um emprego e seguir a sua vida e planos normalmente é o desejo de muitos brasileiros. Afinal de contas, existem milhares de trabalhadores e trabalhadoras na fila do desemprego em busca de uma oportunidade.

Esse contingente trabalhista pode ser considerado um dos motivos que faz com que muitos empregadores ultrapassem o limite do bom senso no convívio do ambiente de trabalho, explorando aquele empregado de modo a colocá-lo em situações de constrangimento e até humilhação.

Infelizmente, trata-se de uma situação comum e muitos empregados que se encontram nessa situação não a enxergam como uma relação abusiva deixando que o fato se prolongue no tempo, causando desgaste e prejudicando a sua saúde física e mental.

A situação narrada é um claro exemplo de assédio moral no trabalho e que pode gerar, inclusive, o direito a indenização por danos morais ao trabalhador. Isso só é possível, pois a lei trabalhista protege o colaborador desse tipo de situação.

Mas o que é assédio moral no trabalho? Como ele ocorre? Vamos explicar isso e mais nas próximas linhas. Acompanhe.

O que é assédio moral?

O assédio moral é uma conduta que se repete várias vezes e que expõe alguém a situações humilhantes e vexatórias, muitas vezes constrangedoras. Normalmente está associado às relações de trabalho e pode ocorrer tanto do chefe para os subordinados, como na situação oposta.

O que é o assédio moral no trabalho?

Conhecido como um tipo de violência, o assédio moral no trabalho é uma conduta que afeta diretamente a dignidade da pessoa no ambiente laboral.

Aparece comumente em situações que a hierarquia está presente e surge com mais frequência entre funcionários e empregadores.

O assédio moral no trabalho se caracteriza por condutas negativas realizadas repetidas vezes pelo empregador contra o empregado, o que envolve humilhações, constrangimentos, descrédito ou inferiorização diante dos seus colegas de trabalho realizada normalmente no exercício das suas funções.

O que caracteriza o assédio? Veja exemplos de abuso moral no trabalho

Normalmente, quem está sofrendo esse tipo de violência e abuso moral fica em silêncio aguentando a humilhação, mas se desestabilizando pouco a pouco e perdendo a sua autoestima.

Algumas vezes, a vítima não consegue identificar se está sofrendo esse tipo de violência e tem dúvidas sobre o que caracteriza assédio. Para facilitar, fizemos uma lista com alguns exemplos de situações mais comuns que estão diretamente ligadas ao assédio moral no trabalho. Veja só.

  • Xingamentos;
  • Impor metas impossíveis no ambiente de trabalho;
  • Colocar apelidos vexatórios que causem humilhação;
  • Interromper a vítima com frequência;
  • Proibir que colegas de trabalho falem com o empregado;
  • Proibir que o empregado fale com os colegas de trabalho;
  • Criticar a vida particular;
  • Delegar ao empregado tarefas humilhantes;
  • Gritar;
  • Ameaçar com violência física.

Essas situações podem ser facilmente identificadas por meio de frases que são utilizadas no dia a dia, como por exemplo:

  • “É melhor você pedir demissão...”
  • “Não existe lugar aqui para quem não quer trabalhar”
  • “Ela/Ele faz confusão com tudo...”

Tipos de abuso no trabalho

Apesar do assédio moral ser conhecido por condutas que envolvam hierarquia (empregadores contra empregados), nem sempre é assim que ele se apresenta. Isso porque existem diferentes tipos de abuso no trabalho que podem ser classificados através de formas, sujeitos e relações diferenciadas.

Se você está passando por uma situação desse tipo ou identifica alguém que esteja nessa situação e tem dúvidas sobre as diferentes formas de assédio, aprenda agora a distinguir os tipos.

1. Assédio moral na organização

Neste caso, o funcionário é inserido em um ambiente totalmente tóxico em que a competição entre os funcionários é incentivada pela própria empresa, sendo ela a responsável pela violência.

2. Assédio moral horizontal

No assédio moral horizontal, a violência ocorre entre funcionários que se encontram em mesma posição hierárquica. Ela pode aparecer em ambientes em que a competitividade é incentivada, entretanto, diferente do assédio na organização, o assédio ocorre entre funcionários, sem participação direta da empresa.

3. Assédio vertical descendente

Quando um funcionário de cargo superior à vítima, coloca seu subordinado em uma situação vexatória, então surge a figura do assédio moral descendente. Trata-se de um dos tipos de abuso no trabalho mais comuns.

É nesse momento que surgem as frases que citamos ou a exposição às situações narradas.

4. Assédio moral vertical ascendente

O assédio moral ascendente ocorre normalmente quando um funcionário de hierarquia inferior comete o assédio contra o seu superior.

Não é comum, mas é uma situação possível e que vez ou outra acontece. Quando o funcionário descobre uma informação sigilosa da empresa ou do seu próprio superior e começa a fazer chantagens em troca de benefícios, então estamos diante de uma situação de assédio moral vertical ascendente.

Os certificados do Educamundo podem ser usados para:




Prova de Títulos em Concursos Públicos

Horas complementares para faculdades

Complemento de horas para cursos técnicos

Progressão de carreira em empresas

Turbinar seu currículo

Revolucionar sua vida profissional e acadêmica

Como aprender mais e se qualificar sobre o tema?

Assédio moral é um dos temas mais relevantes e ao mesmo tempo mais sensíveis de se abordar, principalmente pela fragilidade das relações. Por esse motivo, o profissional que busca trabalhar com o tema, precisa conhecê-lo a fundo e saber como agir em determinadas situações.

Para isso, se qualificar é indispensável e fazer um bom curso sobre o tema pode ser um divisor na sua carreira.

Para ajudar todos os profissionais interessados na temática, o Educamundo criou o Curso Online Assédio Moral no trabalho, com um conteúdo elaborado por um setor pedagógico dedicado que busca explicar o tema direto ao ponto, mas com a profundidade necessária para a qualificação profissional.

Neste curso você vai aprender a identificar situações do tipo, além de agir para que direitos não sejam desrespeitados e sua saúde ou a do seu cliente sejam preservadas.

Para acessar o conteúdo do curso, você pode se matricular no Educamundo. Aqui, você se inscreve no Pacote Master por apenas R$ 69,90 e tem acesso completo a este e a todos os mais de 1200 cursos online com certificado opcional por um ano inteiro.

Essa é a sua chance de estudar e manter a atualização. Faça como mais de 1 milhão de alunos, matricule-se agora no portal, comece os estudos, estude por este e por outros cursos online do seu interesse e destaque-se com um conhecimento diferenciado.

Artigos que podem te interessar:

Artigos em Destaque