Com o dia a dia agitado que a maioria das pessoas têm é muito comum que fiquem fora de casa o dia todo, voltando apenas ao entardecer. Porém, quando se tem um cachorrinho em casa, esse longo período ausente pode ser um problema. Isso porque, os cães não lidam bem com a ideia de ficarem muito tempo sozinhos em casa.

 Ansiedade de separação em cães está ligada ao medo da solidão 

Decorrente do medo de estarem sozinhos os cães podem desenvolver alguns hábitos, como latir constantemente e chorar o dia todo. Além de ser algo muito prejudicial para a saúde emocional do animal, esse comportamento gera também mal-estar com os vizinhos. 

Acontece que, por se tratarem de animais que vivem em matilhas e que valorizam a interação entre os companheiros, os cães sentem que sua sobrevivência está em risco quando ficam muito tempo sozinhos. Esse sentimento pode gerar a síndrome de ansiedade de separação em cães (SAS).

O que é SAS?

Síndrome de ansiedade de separação (SAS) é uma série de comportamentos que os cachorros apresentam quando são deixados sozinhos. Os principais comportamentos são: destruição de objetos, latidos e necessidades fisiológicas fora do local enquanto o dono está fora. O cão também fica muito agitado quando o tutor chega e ansioso quando ele vai sair.

Cachorro chora quando está sozinho: como resolver esse e outros sintomas da SAS?

Seu cachorro chora quando está sozinho? Como já citado acima, esse é apenas um dos vários sintomas causados pela ansiedade de separação em cães. Mas fique tranquilo, existem algumas ações que podem melhorar esse problema. A ansiedade de separação em cães pode ser tratada a partir de três linhas: modificação comportamental, manejo ambiental e terapia medicamentosa.

Na modificação comportamental a independência do cão deve ser incentivada. Você pode, por exemplo, criar um cantinho especial onde ele se sentirá seguro quando estiver sozinho. Além disso, tente se controlar e não fazer muita “festa” com seu cão quando voltar para a casa. Mas valorize o momento em que for sair, oferecendo a ele petiscos e brinquedos.

Já no manejo ambiental deve-se oferecer brinquedos para que os cães se distraiam quando estão sozinhos, como aqueles brinquedos em que você pode “esconder” a comida ou objetos para morder ou roer. Outra opção é deixar uma peça de roupa do tutor perto do cão e manter ligados o rádio ou a TV, isso diminui a sensação de solidão.

Além disso, dependendo do caso o veterinário pode sugerir associar o tratamento com o uso de medicamentos que reduzam a ansiedade.

Como acalmar filhotes de cachorro e evitar o surgimento da SAS

Saber como acalmar filhotes de cachorro é uma dúvida comum, mas as mesmas técnicas, de deixar brinquedos para eles se distraírem, que funcionam com os cães mais velhos, também funcionam bem com os filhotes.

Além disso, esse é o momento ideal de treinar seu cão para que no futuro ele não desenvolva a ansiedade de separação. Tenha em mente que é importante fazer companhia aos filhotes, mas também é fundamental permitir que eles façam algumas tarefas sem o tutor por perto.

Uma opção é deixá-lo comer sozinho em um cômodo ou que ele brinque sem você. Sendo assim, ele saberá fazer essas coisas enquanto você estiver fora e não ficará “paralisado” quando estiver sozinho na casa.

Os certificados do Educamundo podem ser usados para:


Prova de Títulos em Concursos Públicos

Horas complementares para faculdades

Complemento de horas para cursos técnicos

Progressão de carreira em empresas

Turbinar seu currículo

Revolucionar sua vida profissional e acadêmica

Opções de brinquedos para cachorros que ficam sozinhos

Existem muitas opções de brinquedos para cachorros que ficam sozinhos. Eles podem ajudar a entreter os cães nesse período em que o dono está fora. Os mais indicados são aqueles que estimulam seus instintos naturais, como os brinquedos de morder. Eles podem ter diferentes texturas e tamanhos.

Alguns são pensados exclusivamente para as necessidades de “mastigação” dos filhotes, já os mais resistentes são indicados para os cães adultos que já têm mordidas poderosas.

Tem ainda aqueles brinquedos onde você pode esconder biscoitos e guloseimas para que os cães tirem, isso os manterá ocupados por horas. Primeiro eles devem elaborar uma estratégia para retirar a comida, em seguida vão gastar um bom tempo até tirar tudo.

Quer saber mais sobre esse universo tão complexo dos cães? Indicamos que você faça o curso Curso Online Psicologia Canina. Esse é um tema que deve ser estudado a fundo, afinal entender sobre o comportamento canino não é tarefa fácil, existem muitas peculiaridades que só um curso poderá te ajudar a entender.

Faça nosso curso investindo apenas R$ 69,90 por ano e tenha acesso a todos os mais de 1.200 cursos online do Pacote Master. Realize agora mesmo sua inscrição no Educamundo e estude em um portal que é referência em cursos online com certificado.