Alvará é um documento oficial, emitido, geralmente, pelas prefeituras das cidades brasileiras e que atesta que um estabelecimento naquela região está apto para funcionamento. O documento é liberado mediante o pagamento de uma taxa e descreve as atividades permitidas para o local.

Toda empresa quando é aberta, precisa de um alvará de funcionamento para exercer sua atividade legalmente. Esse documento é de extrema importância também para os microempreendedores individuais, mas ainda gera uma certa insegurança quanto à sua solicitação.

Alvará MEI: veja quais os tipos e como emitir seu documento sem erro

Ter um alvará MEI não precisa ser um mistério ou uma dor de cabeça para você. É preciso apenas saber quais os documentos que você precisa e ficar de olho para não emitir o alvará errado. Veja como é o processo no post abaixo.

Tipos de alvará: qual é o mais indicado para a sua empresa?

Existem diferentes tipos de alvará e, dependendo da atividade que você exerce como MEI, precisará de um ou mais desses documentos.

O alvará de funcionamento é o principal tipo, mas existem outros dois tipos importantes:

  • Alvará do Corpo de Bombeiros: ou Certificado de Licença do Corpo de Bombeiros. É solicitado quando a empresa tiver uma grande circulação de pessoas. Esse alvará é comum para lojas, restaurantes, bares, etc;

  • Alvará da vigilância sanitária: é emitido pela ANVISA, para estabelecimentos como salão de beleza, restaurantes, pequenos mercados e outros que precisam de estocagem de alimentos e produtos perecíveis.

Como tirar o alvará do MEI: primeiros passos

Responder como tirar o alvará do MEI é uma variável. O alvará de funcionamento, como citamos anteriormente, é emitido pelas prefeituras. Você pode solicitar esse documento assim que formalizar a sua empresa no Portal do Empreendedor.

O alvará do Corpo de Bombeiros é solicitado no próprio órgão. Oficiais devem ir ao local para realizar a medição do estabelecimento e classificar o risco, de acordo com as cores: branca, verde, amarela e vermelha. A primeira indica baixo risco e a última indica risco elevado de incêndio.

O alvará da ANVISA deve ser solicitado no escritório da agência na sua cidade. Não existe um padrão para esse alvará. Cada estabelecimento é avaliado de uma maneira muito particular.

Os certificados do Educamundo podem ser usados para:


Prova de Títulos em Concursos Públicos

Horas complementares para faculdades

Complemento de horas para cursos técnicos

Progressão de carreira em empresas

Turbinar seu currículo

Revolucionar sua vida profissional e acadêmica

Qual a validade do alvará de funcionamento?

Ao registrar a sua empresa, automaticamente você recebe um alvará provisório. Há muitos microempreendedores que não sabem que esse documento tem validade de 180 dias. A sua empresa não vai fechar após o prazo, mas pode funcionar de maneira incorreta e isso acarretará em multas, no caso de uma fiscalização aparecer no local.

validade do Alvará de funcionamento não é definida por um prazo, mas pela necessidade. Ao passar por fiscalizações, agentes da prefeitura podem perceber a necessidade de uma atualização do documento e, portanto, é quando ele vence.

Casos onde o estabelecimento aumentou de área ou quando está exercendo atividades além do que está previsto, são situações comuns que fazem o alvará de funcionamento vencer.

Você pode aprender muito mais sobre como ser um microempreendedor individual no nosso Curso Online de MEI - MIcroempreendedor Individual! Abordamos as principais questões sobre o tema para você se formalizar sem dificuldades!

Além desse, você ainda encontra outros cursos online com certificado sobre empreendedorismo e outras áreas. O Educamundo tem mais de 1.200 cursos online para você expandir o seu conhecimento! Faça a sua inscrição anual por apenas R$ 69,90 no nosso Pacote Master!