Quando começamos a estudar para concurso público, algumas dúvidas começam a surgir no momento da preparação: o que estudar? Como estudar? Qual carreira escolher? Será que preciso ser graduado para este cargo?

Além dessas dúvidas comuns, outras mais específicas começaram a ganhar destaque dentro do mundo dos concursos nos últimos anos e a principal delas é sobre tatuagem concurso público.

Afinal, ter tatuagem pode fazer eu perder minha vaga? É isso que vamos responder agora neste artigo.

Quem tem tatuagem pode fazer concurso público?

Após decisão por sete votos a um, os ministros do STF decidiram proibir a desclassificação de candidatos tatuados em concursos públicos. Entretanto, essa regra não é absoluta. Em casos que a tatuagem viola direitos constitucionais, como quando incita a violência, o candidato poderá ser desclassificado.

Eliminação em concurso público no exame médico

Essa foi a decisão do Supremo Tribunal Federal após julgar um caso em que houve a eliminação concurso público exame médico de um candidato para o cargo de bombeiro militar no estado de São Paulo.

O mesmo tinha uma tatuagem tribal de 14 centímetros em sua perna direita o que, segundo as normas do edital, ensejaria a desclassificação do candidato, entretanto a situação foi revertida depois do caso chegar ao STF e ser julgado pelos Ministros.

Atualmente, esta decisão vincula todos os tribunais e os concursos que insistirem em desclassificar candidatos com tatuagens que não violem direitos constitucionais, podem ser questionados na justiça.

Carreira militar: concurso da marinha e outros ainda resistem

Embora essa decisão tenha sido amplamente divulgada pela mídia e o entendimento do STF já ser de conhecimento geral, alguns candidatos a cargos públicos - principalmente na carreira militar, como por exemplo em concursos da marinha - ainda encontram editais com essa restrição.

Caso você seja aprovado e venha a ser desclassificado por ter uma tatuagem, mesmo não violando nenhuma regra constitucional, é direito seu questionar essa decisão no Poder Judiciário.

Por isso, para manter-se atualizado e entender as regras mais atuais relacionados a concursos públicos, é fundamental que você, estudante de direito administrativo.

Direito administrativo para concursos: fundamental para a sua aprovação

Entender as regras de direito administrativo para concursos públicos é apenas uma das habilidades de quem conhece a fundo essa matéria. Além disso, essa disciplina é cobrada quase que em 100% dos certames, o que faz necessário que o estudante entenda cada um dos assuntos abordados dentro dela.

Aqui no Educamundo criamos o Curso Online Direito Administrativo, com um conteúdo completo que vai desde assuntos básicos, a tópicos mais avançados.

Os certificados do Educamundo podem ser usados para:


Prova de Títulos em Concursos Públicos

Horas complementares para faculdades

Complemento de horas para cursos técnicos

Progressão de carreira em empresas

Turbinar seu currículo

Revolucionar sua vida profissional e acadêmica

Aprenda com o Educamundo e destaque-se no estudo para concursos públicos

Se você quer aprender essa disciplina a fundo e entender cada vez mais sobre o assunto, o Curso Online Direito Administrativo do Educamundo é para você.

Neste curso você vai estudar assuntos complexos da matéria, como licitações, poderes, contratos administrativos e muito mais.

E o melhor, para acessar todo esse conteúdo, basta fazer um investimento único no valor de R$ 69,90 uma única vez ao ano, que além deste curso, você poderá acessar mais de 1200 cursos online com certificado opcional do Pacote Master em mais de 20 áreas do conhecimento humano.

Não perca mais tempo, inscreva-se agora no portal, comece os seus estudos agora mesmo e destaque-se com um conhecimento diferenciado que só o maior portal de cursos online do país pode lhe oferecer. Até a próxima!

Esperamos que suas dúvidas tenham sido esclarecidas. Agora é com você, tem mais alguma dúvida sobre provas e concursos públicos? Deixe nos comentários e não esqueça de compartilhar esse conteúdo com amigos, colegas e familiares ok? Até a próxima!