É possível considerar que a NR12 é uma das mais fundamentais das 36 normais regulamentadoras da Consolidação de Leis Trabalhistas (CLT), valendo tanto para empresas públicas quanto privadas.

O texto da NR12 é bem detalhado, portanto, se você é um empresário recomendamos que o conheça integralmente para não correr o risco de deixar algum aspecto importante de fora.

Porém, resolvemos trazer no presente artigo 6 pontos que podemos considerar como sendo os principais da norma regulamentadora e falar sobre sua importância.

Ficou curioso? Então confira o nosso artigo até o final e conheça melhor os 6 principais pontos da NR 12!

Principais pontos da NR12

1. Capacitação dos funcionários

A empresa é incumbida por providenciar a capacitação e o treinamento de seus funcionários através de cursos, pois somente assim os colaboradores estarão habilitados a atuarem com as máquinas com as quais devem trabalhar.

Portanto, o colaborador deve ser capacitado e habilitado para operar cada tipo de máquina que irá trabalhar, o que pressupõe que faça cursos e treinamentos específicos para esse fim, recebendo o certificado no final.

2. Inventário de máquina

Toda empresa deve fazer um inventário com a lista de todos os tipos de máquinas e equipamentos presentes em seu estabelecimento, ou locais onde os funcionários trabalharão.

O inventário auxilia a fiscalização pelo órgão competente e também ajuda na categorização dos níveis de riscos que os colaboradores estão expostos no trabalho.

3. Planta baixa

A planta baixa é um mapa que visa indicar a posição precisa das máquinas equipamentos na empresa ou canteiro de trabalho, facilitando a localização dessa máquina por qualquer pessoa que não conheça o local.

Essa planta é de grande importância para auditorias, fiscalização e também em momentos de emergência, por exemplo, para agilizar o resgate em caso de acidentes.

4. Análise de risco

Esse, definitivamente é o documento mais importante para suprir as exigências da NR12, tendo em vista que é esse documento que mapeia os riscos que cada máquina pode proporcionar para seu operador.

Após o mapeamento dos riscos que a máquina pode gerar é possível fazer a análise de risco e pensar medidas para minimizá-los.

5. Parada de emergência

Todos as máquinas e equipamentos devem ter um mecanismo de parada de emergência para ser utilizado em situações de perigo.

É de suma importância que esse mecanismo esteja visível e posicionado em local de fácil acesso para que qualquer pessoa possa vê-lo e ativá-lo no momento de emergência.

6. Manuais de operação e manutenção

É de fundamental importância que os colaboradores que vão operar as máquinas e equipamentos tenham acesso ao manual de instrução do mesmo, para que fiquem a par de todas as medidas de segurança e a correta forma de utilização e operação do maquinário.

Tão importante quanto o manual é a manutenção das máquinas, certificando-se do tempo de vida e da qualidade de peças e bom funcionamento.

Vale ressaltar que, caso o fornecedor do maquinário não disponibilize o manual, é responsabilidade da empresa fazê-lo junto com um profissional habilitado legalmente para a ação.

Gostou do artigo? Então siga com a gente e confira muitos outros artigos de qualidade! Caso ainda tenha duvidas sobre a NR12, você pode solicitar suporte para a normatiza facilitar e melhorar seus processos.