Home / Blog / Saúde / O que é biotecnologia? Tipos, aplicações e cursos extracurriculares
O que é biotecnologia Saúde

O que é biotecnologia? Tipos, aplicações e cursos extracurriculares

  • Por: Equipe Educamundo
  • 14/03/2022

A biotecnologia é um ramo da ciência importantíssimo para o desenvolvimento da sociedade. Sua aplicação é ampla e pode ser utilizada nos mais diversos segmentos sociais. 

Entretanto, além do uso para o bem, tais conhecimentos podem ser utilizados para fins obscuros e a comunidade científica também tem pensado nessa possibilidade, criando documentos importantes para frear o uso indevido ao bioterrorismo.

Do passado, ao presente e na construção do futuro, a biotecnologia tem ocupado um espaço importante dentro das nações e para avançar ainda mais, será preciso mão de obra qualificada que entenda suas bases e práticas.

Pensando em compartilhar este conhecimento a apresentá-lo, nós do Educamundo criamos este artigo, em que explicamos o conceito, e a história da biotecnologia e, no fim, ainda damos uma dica extra de curso para você se aprofundar no tema.

O que é biotecnologia?

Segundo a convenção de biodiversidade da ONU “biotecnologia significa qualquer aplicação tecnológica que utilize sistemas biológicos, organismos vivos, ou seus derivados, para fabricar ou modificar produtos ou processos para utilização específica”

Em resumo, a biotecnologia é uma ciência que estuda e utiliza um organismo vivo para criar ou alterar produtos e processos com o objetivo de melhorar a qualidade de vida do ser humano.

Quando surgiu a biotecnologia?

Não há uma data exata de seu surgimento, entretanto, há relatos de uso de suas técnicas por volta do ano 6.000 a.C quando a fermentação já era utilizada para a fabricação de bebidas alcoólicas. Tempos depois, este processo de fermentação passou a ser utilizado também na fabricação de pães e queijos e de lá pra cá esse conhecimento tem sido cada vez mais ampliado.

História da biotecnologia

Ainda sobre a fermentação, foi no século XVII que Anton Van Leeuwenhoek enxergou em seu microscópio alguns seres minúsculos, mas foi Louis Pasteur que conseguiu provar em 1876 que tais microrganismos eram os responsáveis por este processo químico.

Diante de tais fatos históricos, a biotecnologia passou a ser dividida em duas grandes fases: a primeira, chamada de biotecnologia clássica que vai desde a civilização babilônica com a utilização e desenvolvimento do processo de fermentação, até a chamada biotecnologia moderna que teve seu início datado em 1953 quando foi descoberta a estrutura DNA.

Vale salientar que o desenvolvimento da tecnologia do DNA recombinante em 1972 pelo pesquisador Paul Berg também é considerado um marco do surgimento da biotecnologia moderna.

Tipos de biotecnologia

A biotecnologia pode ser aplicada nos mais diversos setores da economia e da indústria, isso fez com que a academia passasse a classificar a mesma em tipos, que são organizados por cores.

Cada cor representa um ramo de aplicação em que é possível desenvolver soluções, seja na medicina, pecuária, indústria, alimentação, etc.

Vejamos como essa divisão ocorre.

Biotecnologia branca

É aquela em que se utiliza a biotecnologia em processos industriais de fabricação, buscando ampliar, principalmente, a eficiência e a sustentabilidade.

Um exemplo de aplicação da biotecnologia branca é o uso de microrganismos geneticamente modificados na transformação da biomassa vegetal em combustíveis. 

Biotecnologia amarela

Tal ramificação tem como foco a alimentação e a nutrição, ou seja, aqui são utilizadas formas de desenvolver alimentos mais nutritivos para toda a população.

Podemos citar como exemplo do uso da biotecnologia amarela, os processos de fermentação para produção de queijos, bem como o uso de biorreatores para a produção de alguns corantes em larga escala.

Biotecnologia vermelha

Fazendo referência ao sangue, a biotecnologia vermelha está relacionada à medicina e tem como foco a produção e desenvolvimento de vacinas, medicamentos, equipamentos para uso hospitalar, órteses, próteses, métodos de diagnósticos, etc.

Biotecnologia cinza

A biotecnologia cinza está relacionada ao meio ambiente e direciona seus esforços principalmente para a questão ambiental. É ela que estuda formas de recuperação de ambientes naturais.

Biotecnologia azul

A biotecnologia azul está dedicada a estudos na área marinha utilizando esse gigante ecossistema para criar soluções tecnológicas inovadoras. Os conhecimentos e descobertas geradas nesta segmentação são utilizadas nas demais vertentes, como por exemplo, o uso de recursos marinhos para a produção de medicamentos.

Biotecnologia verde

Voltada à agricultura, a biotecnologia verde busca estudar soluções para combater pragas, cuidar da fertilização de plantas, bem como desenvolver pesquisas em transgênicos.

Biotecnologia dourada

Ela é voltada à bioinformática e à nanotecnologia. Com tantos dados coletados é preciso uma estrutura para análise de tais informações e aí entra a biotecnologia dourada com o desenvolvimento de programas e equipamentos para a realização dessa análise.

Biotecnologia roxa

A biotecnologia roxa é voltada à análise das questões éticas, morais e de propriedade intelectual. É nela que se estuda e discute questões de patentes, invenções biotecnológicas e direitos de propriedade.

Biotecnologia laranja 

Com o objetivo de disseminar o conhecimento sobre a ciência, a biotecnologia laranja tem foco no ensino, desenvolvendo materiais e estratégias educacionais para compartilhá-la ao máximo de pessoas.

Biotecnologia preta

O conhecimento resultante do estudo dos sistemas biológicos pode acabar parando em mãos de pessoas mal intencionadas. Pensando nisso surgiu a biotecnologia preta que visa investigar o desenvolvimento de armas biológicas a partir de tal conhecimento. Ela visa entender o bioterrorismo e as suas consequências para o mundo.

Os certificados do Educamundo podem ser usados para:




Prova de Títulos em Concursos Públicos

Horas complementares para faculdades

Complemento de horas para cursos técnicos

Progressão de carreira em empresas

Turbinar seu currículo

Revolucionar sua vida profissional e acadêmica

Aprenda mais sobre o assunto com o curso do Educamundo

Como vimos, a biotecnologia tem uma importância ímpar para o desenvolvimento da ciência e do mundo moderno. Para que ela avance, será necessário mão de obra qualificada, ou seja, pessoas capazes de atuar em áreas como a saúde, agricultura, meio ambiente, indústrias e muito mais.

A boa notícia é que se você chegou neste artigo, tem interesse de conhecer mais sobre o tema e se aprofundar no assunto.

Para ajudar com isso, nós do Educamundo preparamos um curso completo que vai te apresentar os fundamentos essenciais, as terapias, as metodologias bem como aplicações.

Caso queira conhecê-lo, basta acessar o Curso Online de Biotecnologia do Educamundo.

Para ter acesso ao seu conteúdo, basta se matricular no Pacote Master e por apenas R$ 69,90 ao ano, sem mensalidades, você terá acesso a um material riquíssimo para o seu desenvolvimento.

O pacote te dá acesso completo a todos os mais de 1200 cursos online com certificado opcional do portal em todas as mais de 20 áreas do conhecimento humano. Aproveite!

Faça agora mesmo a sua matrícula e comece os estudos ainda hoje.

Agora queremos saber: você conhecia a biotecnologia e seus campos de aplicação? Conta pra gente nos comentários.

Até a próxima.

Artigos que podem te interessar:

Artigos em Destaque