Estamos iniciando uma nova fase em nosso país, você está otimista ou pessimista? Não é uma questão meramente de posicionamento político, em que nossas paixões ditam a tônica do futuro da nossa nação, é algo maior. Trata-se de sua vida, dos seus amigos, familiares e de todos que o rodeiam. Como você está lidando com essa nova fase? Neste artigo iremos falar um pouco mais sobre isso.

Ponto de vista é a vista de um ponto

Se você enxerga a Terra do espaço, verá uma de suas faces. Vamos exemplificar ainda mais, vamos dizer que você está vendo o continente sul-americano. Se tem outra pessoa no espaço, vendo outra parte da Terra, e ela enxerga o continente europeu, ela está errada e você está certo? Claro que não. Ambos estão vendo uma face da mesma coisa. E na vida tudo é assim. A situação que você está vivendo, ou a situação que você está analisando tem duas, três, quatro ou mil faces diferentes. Exercitar é libertador e amplia nossos horizontes. Você já pensou nisso?

Empatia como ferramenta diária

Segundo o dicionário, empatia (substantivo feminino), significa: 1. faculdade de compreender emocionalmente um objeto (um quadro, por exemplo); 2. capacidade de projetar a personalidade de alguém num objeto, de forma que este pareça como que impregnado dela.

Empatia é, antes de mais nada, uma ferramenta poderosíssima que nos ajuda não somente a compreender as outras pessoas, mas a nós mesmos e a todos os fenômenos do mundo. Quando eu me coloco em seu lugar e vejo através de seus olhos, compreendo melhor o que você enxerga e o que fez com que você enxergasse dessa forma. Neste momento descubro que não há certo ou errado, mas há motivações e quadro de referências diferentes. Vou exemplificar um pouco mais...

A programação da televisão é boa ou é ruim?

Eu tinha um blog, assim como este, em que eu gostava de traçar minhas opiniões sobre comportamento, política, fenômenos midiáticos, dentre várias outros pontos. Neste blog, certa vez, eu fiz uma série de entrevistas nas quais eu indagava pessoas "famosas" sobre a qualidade da programação da televisão no Brasil. Meu intuito era ter mais opiniões que corroborassem com a minha, que era de que a qualidade era ruim.

Eis que duas opiniões me desconstruíram totalmente (e eu achei ótimo isso). Uma das pessoas me disse que o que era bom e o que era ruim estavam divididos por uma linha muito tênue. Que nós (ele e eu) que tínhamos uma câmera na mão, que até produzíamos conteúdo, tínhamos uma visão diferente do que nos era oferecido, algo que a maioria da população não tinha. E que nossa opinião não era melhor ou pior que a opinião de quem pensava diferente.

A outra pessoa complementou esse pensamento me dizendo sobre uma certa lavadeira lá de Roraima, que adorava assistir aqueles programas dominicais. Ela se emocionava, se divertia e reunia a família para assistir. Onde que ela estava errada e nós certos? Percebe como a empatia liberta?

Bolsonaro cursos online

Ordem e Progresso: sua vida, independente do cenário externo

"Em um cemitério uns choram e outros vendem lenços" (Autor Desconhecido)

Você já pensou a diferença que faz quando você resolve pensar e fazer diferente, quando um problema aparece em sua vida? Em um primeiro momento pode parecer que não há saída, mas quando conseguimos focar, não há barreira que seja intransponível.

Se uma árvore cai, impossibilitando que você possa continuar seu caminho, você pode sentar e chorar, como também você pode parar, analisar toda a situação, ver os arredores e encontrar uma forma de transpor esse obstáculo. Parece conversa de doido, mas acredite, o esforço para se sentir bem é o mesmo que o esforço para se sentir mal. Qual será sua escolha?

Fui demitido e existem poucas oportunidades no mercado. E AGORA, JOSÉ?

Perder um emprego é algo extremamente doloroso e que nos faz repensar em tudo que acreditamos. Começamos a questionar nossa importância no mundo. Mas... será que isso é totalmente ruim? NÃO! É uma excelente oportunidade para que você possa se repensar, se refazer e conhecer um mundo novo de oportunidades. É algo fácil? NÃO! Mas não há conforto na zona de crescimento e nem há crescimento na zona de conforto.

Você pode se capacitar em uma nova atividade e buscar uma recolocação. Você pode se aperfeiçoar e começar a empreender. Você pode se atualizar e conseguir uma nova oportunidade em sua própria área... VOCÊ PODE! Henry Ford disse certa vez: "Se você acredita que pode, você tem razão. Se você acredita que não pode, você também tem razão."

Eu tenho muito medo

O medo é uma das principais ferramentas da nossa existência. Já imaginou se você não tivesse medo para atravessar a rua? Seria atropelado. E se você não tivesse medo de adoecer? Poderia não se cuidar e ficaria doente. Enfim, o medo às vezes pode até ser nosso aliado. Ele só não pode te parar, se não, como no exemplo que dei lá em cima, você não conseguirá transpor a árvore que caiu em sua frente. Coloque o medo debaixo do braço e vá com ele, e quando necessário, utilize-o como um escudo, que tal?

Um ano novo é uma ótima oportunidade para se reinventar ou se reafirmar. Capacite-se com os cursos online e faça uma evolução em sua vida profissional, acadêmica e pessoal. O Educamundo acredita em você!