No século XXI, com a popularização da internet e a grande demanda de prestação de serviços, muitas pessoas encontram no microempreendedorismo uma fonte de renda e uma forma de pagar as contas de casa.

No artigo de hoje, vamos falar um pouco sobre esse tema e dar dicas super importantes para quem quer começar a empreender. Confira!

 

Microempreendedorismo: uma fonte de renda em tempos de crise

Durante a crise de 2008, nos Estados Unidos, e a democratização da internet, diversos grupos de jovens empreendedores utilizavam técnicas inovadoras para aumentar o número de clientes, sem aumentar os custos operacionais.

Essas empresas hoje em dia são chamadas de startups e representam a base do microempreendedorismo. Isso porque grande parte das suas técnicas envolve eficiência e foge da burocracia que vemos em grandes empresas, aumentando a produtividade e encontrando oportunidades de crescimento não muito ortodoxas.

Para ser um microempreendedor, você não precisa necessariamente abrir uma startup. Você pode abrir um MEI, por exemplo, e prestar consultoria, ou até mesmo, vender suas peças de artesanato.

No fim das contas, o empreendedorismo é a otimização de uma atividade para a comercialização da mesma. E é uma ótima chance de pegar um talento ou habilidade sua e gerar renda com ela.

Profissionalização em empresas familiares

As empresas familiares não são novidade. Há muito tempo, manter o negócio familiar é uma estratégia de grandes e pequenos empreendimentos.

Isso porque o empreendimento familiar permite otimizar a receita da empresa para dentro da família, oferece a confiança necessária para tocar um empreendimento, além de combinar personalidades diferentes de pessoas que já se conhecem há muito tempo, e que dificilmente se prejudicariam.

Porém, muitos desses empreendimentos falham pela falta de profissionalização em empresas familiares. Por exemplo, um senhor abre uma ótica local e ensina tudo o que sabe para os seus filhos e netos.

Porém, o ambiente no qual o negócio se desenvolve quando os netos estão tocando o empreendimento é muito diferente do que quando tudo começou. E, por falta de profissionalização e atualização, muitos negócios quebram.

Os certificados do Educamundo podem ser usados para:


Prova de Títulos em Concursos Públicos

Horas complementares para faculdades

Complemento de horas para cursos técnicos

Progressão de carreira em empresas

Turbinar seu currículo

Revolucionar sua vida profissional e acadêmica

Aulas de empreendedorismo e a educação a distância

Uma forma de garantir o sucesso do seu negócio é investindo na sua educação e fazendo aulas de empreendedorismo.

A educação a distância pode ser um aliado nesse momento. Optando por cursos online, você otimiza seu tempo e tem acesso a conteúdos de qualidade.

Curso de empreendedorismo

Que tal fazer um excelente curso de empreendedorismo e otimizar ainda mais as suas habilidades?

O Educamundo oferece para você o Curso Online Empreendedorismo, que irá te ensinar os fundamentos do empreendedorismo, como funciona o MEI e muito mais!

Cursos para microempreendedor online

O Educamundo oferece diversos cursos para microempreendedor online, que irão auxiliar no desenvolvimento desse profissional e do seu novo negócio. Eles são fundamentais para quem deseja aprender novas habilidades técnicas e aprimorar seus conhecimentos, a fim de transformar o seu próprio negócio em um grande sucesso.

Investindo R$ 69,90 você tem acesso a todos dos 1.200 cursos online com certificado opcional, disponíveis no Pacote Master por um ano. Sem taxas de materiais ou mensalidade.

Aqui, o certificado é válido em todo território nacional e você pode optar por cargas horárias entre 5h a 420 horas. Não perca essa oportunidade e inscreva-se hoje mesmo!