Os recursos tecnológicos estão presentes em diversos aspectos do nosso cotidiano, sendo utilizados por empresas de diversos segmentos. O comércio, a indústria e o transporte, por exemplo, usam essas ferramentas visando facilitar a vida do cliente, melhorar a produtividade da organização e a comunicação com o consumidor.

Diante disso, temos nos deparado com uma realidade na qual a transformação digital, gerada pelo avanço tecnológico, tem causado uma verdadeira mudança estrutural, não apenas dentro das empresas, mas na vida em sociedade como um todo.

Afinal, como é possível ver no artigo “Entenda os impactos da transformação digital e como lidar com eles”, não é difícil perceber que nossa rotina e a forma como lidamos com o mundo tem sido modificada devido ao uso de ferramentas como a inteligência artificial ou a internet das coisas.

Dentre os setores que vêm sendo transformados por causa do constante desenvolvimento de novas tecnologias está o da educação. Por isso, é essencial incluir ferramentas tecnológicas nas escolas, promovendo assim a inclusão digital dos alunos.

Os certificados do Educamundo podem ser usados para:


Prova de Títulos em Concursos Públicos

Horas complementares para faculdades

Complemento de horas para cursos técnicos

Progressão de carreira em empresas

Turbinar seu currículo

Revolucionar sua vida profissional e acadêmica

É fundamental estimular a inclusão digital nas escolas

Uma escola equipada com os recursos tecnológicos corretos, garante que os professores consigam aliar estratégias de ensino às tecnologias, fortalecendo o processo de ensino dos estudantes.

No passado, onde conteúdo era aplicado apenas por meio do quadro negro e da explicação do professor, as técnicas de ensino mais ousadas eram as aulas em grupos, em contato com a natureza e com o uso de materiais lúdicos desenvolvidos manualmente.

Atualmente, esse cenário é bem diferente, pois além de todos os métodos desenvolvidos em anos anteriores, a tecnologia tem facilitado a criação de novos instrumentos pedagógicos Mais do que isso, ferramentas que já existiam estão sendo utilizadas de novas formas e beneficiando o ensino de alunos de todas as idades.

Como o ensino pode ser beneficiado pela inclusão digital nas escolas

Os benefícios de inserir a tecnologia na educação de crianças, garantindo assim a inclusão digital nas escolas, são muitos. Isso porque, existem diversas ferramentas pedagógicas digitais que colaboram com o processo de ensino e aprendizagem e incluí-las nas escolas pode ser de grande ajuda tanto para alunos como para professores.

É possível, por exemplo, aliar a tecnologia com uma ferramenta de ensino muito eficiente, a ludopedagogia. Essa ferramenta garante que as crianças aprendam brincando, aumentando assim o interesse pelo conteúdo e quando associada a tecnologia, tem seus benefícios potencializados

Atualmente uma forma muito comum de aplicá-la tem sido por meio de jogos virtuais e aplicativos. O uso de jogos na educação não é novidade, porém hoje em dia, como mostramos no no artigo “Saiba como incluir jogos educativos na rotina de estudos do seu filho”, vários jogos na modalidade digital já são desenvolvidos, visando a estimular ainda mais aprendizagem e facilitar o ensino, inclusive, de crianças com transtornos de aprendizagem.  

Um exemplo disso, é que mais de 800 escolas brasileiras já utilizam como recurso pedagógico uma mesa digital de jogos educativos que auxiliam no processo de aprendizado de alunos com deficiência intelectual. O mais legal é que por se tratar de uma mesa dividida em categorias é possível estimular várias habilidades, como leitura, a coordenação motora e o raciocínio lógico com o uso de uma única ferramenta.

inclusão digital


O que são jogos educativos

Jogos educativos são brinquedos desenvolvidos a partir de estratégias pedagógicas que unem a brincadeira ao conhecimento. Esses jogos são utilizados para potencializar o processo de ensino-aprendizagem dos alunos. Por meio deles é possível ensinar diversos conhecimentos e estimular muitas habilidades, principalmente nas crianças.

Jogos educativos digitais na educação de crianças

Por terem uma linguagem lúdica, ou seja, serem compostos por peças coloridas, sons, músicas e proporcionarem movimento nas brincadeiras os brinquedos e jogos educativos digitais chamam muita atenção da criançada.

Conforme explicamos em “Saiba os benefícios de inserir a tecnologia na educação de crianças” cada jogo é desenvolvido com base da idade dos pequenos, visando estimular algum tipo conhecimento ou habilidade. Existem jogos que ensinam aos bebês sobre os sons dos animais e aqueles que ajudam os pequenos em fase de alfabetização a aprenderem ler ou contar os números.

Outros ajudam no aprendizado dos nomes de objetos e ensinam sobre formas geométricas. Todos esses jogos digitais podem ser baixados para os smartphones ou tablets e colaboram com o desenvolvimento de habilidades e conhecimentos.

É claro que os jogos e aplicativos digitais educativos são ferramentas essenciais para o ensino, principalmente para as crianças e alunos com transtornos de aprendizagem como já citamos.

Mas não são apenas esses dispositivos que ajudam na educação. O acesso à internet garante o uso de diversas outras ferramentas digitais essenciais para o setor educacional.

Como o acesso à internet torna a transmissão de conhecimentos mais eficaz

Quando a internet é associada ao ensino, o conteúdo que antes era passado apenas na lousa, passa a ser colocado em retroprojetores ou lousas digitais interativas, que além de mostrarem a aulas escritas pelo professor, também permitem o acesso simultâneo à internet, facilitando ainda mais o entendimento.

Alunos com necessidades especiais também se beneficiam com a tecnologia aplicada ao ensino, pois ela torna possível o desenvolvimento de softwares, mais do que isso, possibilita que alunos especiais baixem esses programas pela internet.

Dentre os vários programas que podem ser baixados, podemos destacar o leitor de telas que ajuda os alunos cegos ou o aplicativo Suíte Vlibras, destinado a alunos surdos, que transforma o conteúdo da internet em Libras.

Sem contar, é claro, a quantidade de conteúdo relevante que os alunos têm acesso por meio da internet, tanto que muitas escolas já adotaram o uso de notebooks em sala de aula.

E o que falar da educação a distância realizada por meio de um computador conectado à internet? Essa modalidade de ensino, conforme explicamos em “Entenda como a faculdade EAD tem transformado o acesso à educação” tem facilitado muito a vida de pessoas que desejam cursar uma graduação, mas por algum motivo não conseguem comparecer às aulas presenciais.

Além de ser essencial para a educação superior, o fato da faculdade EAD colocar cada vez mais profissionais qualificados no mercado de trabalho tem elevado o nível de qualidade dos serviços prestados no país.

Com tantos benefícios gerados a partir da associação da tecnologia com o ensino é de se imaginar que a educação tem adotado tais práticas dentro de sala de aula e que alunos de todas as idades têm sido beneficiados com a facilitação do aprendizado, certo?

Infelizmente não é bem assim. As escolas brasileiras ainda enfrentam muitos desafios quando se trata da modernização das salas de aulas.

Desafios da inclusão digital no Brasil

Muitas escolas brasileiras contam com computadores e retroprojetores em suas dependências. Além disso, outras ferramentas pedagógicas como mesas interativas e lousas digitais também já começaram a compor a base de equipamentos pedagógicos escolares, em uma quantidade menor de instituições é verdade, mas já é um avanço.

Porém, um dos desafios da inclusão digital no Brasil ocorre devido à falta de conhecimento e preparo dos professores, além é claro das dificuldades estruturais das próprias escolas.

As dificuldades pioram ainda mais quando falamos de escolas localizadas no campo, já que os alunos de apenas 9,9% das escolas rurais brasileiras possuem acesso à internet, enquanto nas áreas urbanas esse número chega a 84%.

É, necessário, portanto, que políticas públicas sejam criadas com o objetivo de modificar essa realidade. Afinal, um dos principais meios de difundir a tecnologia e a internet é a escola.

Programas de inclusão digital nas escolas

O Governo Federal tem papel fundamental no que se refere a criação de programas de inclusão digital e já vem criando alguns programas bem interessantes com esse foco. Um bom exemplo é o Programa Banda Larga nas Escolas (PBLE), que visa conectar os alunos à internet.

Outra iniciativa bastante positiva é o Projeto Casa Brasil, um espaço com unidades espalhadas por vários locais do Brasil que contam com computadores conectados à internet, telecentro, software livre, sala de leitura, estúdio multimídia, auditório e laboratórios de informática e ciências. Além disso, são oferecidos oficinas e cursos de introdução à informática.

Esse é um assunto que levanta muitas discussões, não é mesmo? Se você se interessou pelo tema, sugerimos o Curso Online Inclusão Digital. Basta investir R$ 69,90 por ano e ter acesso a esse curso e a todos os mais de 1.200 cursos online do Pacote Master.

Faça agora mesmo sua inscrição no Educamundo e estude em um portal que é referência em cursos online com certificado.