Home / Blog / Dicas / Cursos mais indicados para quem deseja trabalhar no exterior
cursos mais indicados para quem deseja trabalhar no exterior Dicas

Cursos mais indicados para quem deseja trabalhar no exterior

  • Por: Parceiros
  • 10/02/2021

Você está com dúvidas sobre quais são os cursos mais indicados para quem deseja trabalhar no exterior? 

Não importa se você acabou de se formar no ensino médio, se é um profissional iniciante ou se está pensando em mudar de carreira, trabalhar no exterior tem o potencial de transformar tanto a sua vida pessoal quanto profissional. 

Mas quais cursos são uma boa opção? Curso de especialização em nutrição, direito, medicina ou tecnologia da informação?

Esses são apenas alguns dos cursos que costumam ser muito procurados por estudantes no Brasil, mas quando falamos em cursos pensando em trabalhar no exterior, é importante ter uma atenção redobrada no momento de fazer uma escolha. 

Trabalhar no exterior pode resultar em melhores competências interculturais, habilidades sociais e linguísticas, o que, por sua vez, melhora as perspectivas de emprego. Isso pode até resultar em um maior potencial de ganhos. 

Pensando nisso, resolvemos separar algumas dicas de cursos indicados para quem deseja trabalhar no exterior. Continue a leitura e confira! 

Dicas de cursos para quem quer trabalhar no exterior

Aqui estão algumas dicas de cursos que poderão te ajudar a conseguir um emprego no exterior. 

Turismo e hotelaria

De acordo com o Conselho Mundial de Viagens e Turismo (WTTC), o turismo é o setor que mais cresce no mundo. É responsável por 330 milhões de empregos em todo o mundo, ou um em cada 10 cargos.

Embora a pandemia da COVID-19 e o fechamento das fronteiras internacionais em 2020 tenham interrompido o crescimento da indústria, se você quiser trabalhar no exterior no futuro, provavelmente não há setor melhor para fazer isso acontecer. 

O turismo e a hotelaria são uma das poucas indústrias com muitos empregos de nível básico. Embora a educação e a experiência possam ser vantajosas, não são necessárias para começar. 

Você pode encontrar trabalho em hotéis e acomodações, restaurantes, agências de recreação, operadoras de turismo, agências de viagens, companhias aéreas, navios de cruzeiro e até organizações sem fins lucrativos.

Os melhores recursos para encontrar oportunidades dependem do tipo de emprego que você está procurando e do país de destino. Por exemplo, HotelCareer.com lista empregos para aqueles interessados ​​em trabalhar no setor de hospitalidade, enquanto Allcruisejobs.com é o ponto de partida para cargos em navios de cruzeiro. 

Participar de grupos de rede online (como os no Facebook ou LinkedIn), associações baseadas em membros ou listas de servidores para o setor de sua escolha também pode ser vantajoso, já que muitas vezes eles hospedam seus próprios quadros de empregos.

Faça o que fizer, não subestime o valor da rede. Aqueles que trabalham com viagens e turismo valorizam conexões sociais acima de tudo, e manter bons relacionamentos garantirá que você seja o primeiro a saber quando uma vaga estiver disponível.

Setores de Tecnologia e Negócios

Há uma razão pela qual tem havido uma proliferação de programas globais e internacionais de MBA: graduados em administração são procurados em todo o mundo, os locais de trabalho estão cada vez mais globalizados e os ambientes de trabalho são interculturais. 

No entanto, você não precisa necessariamente de um MBA para deixar sua marca. Isso é particularmente verdadeiro em economias emergentes, onde geralmente há mais empregos disponíveis do que candidatos. 

Você pode buscar por oportunidades em regiões geográficas ou setores onde possa agregar valor único, em vez de buscar empregos de destaque em mercados saturados de candidatos qualificados. 

As carreiras podem incluir trabalhar como: cientista de dados, gerenciamento de projetos, serviços financeiros, recursos humanos, marketing, comunicação, relações públicas, vendas ou gestão da cadeia de abastecimento. 

O maior setor pronto para crescimento e oportunidades internacionais, porém, pode ser o de tecnologia. Por exemplo, para uma agência de recrutamento internacional, engenheiros e desenvolvedores de software são o trabalho mais procurado no mundo.

Por exemplo, em Amsterdã, a demanda por funcionários juniores de TI dobrou, com as empresas conseguindo encontrar apenas um candidato para cada 26 vagas. 

Indivíduos com habilidades e experiência em desenvolvimento de software, análise e administração de banco de dados costumam ser os primeiros na fila para obter vistos do governo, com os recrutadores ajudando no processo de contratação.

Engenharia, Construção e Energia

Se engenheiros e desenvolvedores de software são a profissão mais requisitada no mundo, não deve ser surpresa que os engenheiros mecânicos estejam em segundo lugar, com os engenheiros civil e elétrico não muito atrás.

Os mais procurados são engenheiros de automação e robótica, engenheiros de mineração, engenheiros de energia alternativa e engenheiros de petróleo. Para quem se interessa por petróleo, gás ou construção, nunca houve momento como o presente para trabalhar no exterior. 

Organizações internacionais de desenvolvimento, empresas privadas e construtoras, todas recrutam contratações internacionais, especialmente em economias emergentes na Ásia, África e Oriente Médio.

Você precisará de um diploma de bacharel no mínimo, mas mentalidade e determinação podem ser seus melhores ativos quando se trata de conseguir uma posição no exterior.

Para encontrar emprego, você pode entrar em contato com empresas de construção ou engenharia, mas sua melhor aposta pode ser trabalhar com uma agência de recrutamento qualificada. Ou, se você já está empregado no setor e trabalha para uma empresa multinacional, veja se seu empregador oferece transferências para o exterior.

Saúde 

Profissionais de medicina são contados entre as 20 profissões mais procuradas necessárias para preencher a escassez de habilidades nos países da BRIC (Brasil, Rússia, Índia, China). 

Trabalhar em sistemas públicos de saúde não é a única opção, já que até mesmo os navios de cruzeiro precisam de médicos.

Além das funções clínicas, profissionais médicos são necessários para auxiliar no desenvolvimento internacional e na ajuda humanitária, incluindo enfermeiras, médicos, parteiras, especialistas em saúde mental, epidemiologistas, farmacêuticos e especialistas em laboratório - com ONGs, governos, fundações e consultorias privadas, todos contratando.

Além do seu diploma, é benéfico ter experiência internacional anterior, de preferência na área de saúde. Voluntariado, estagiário e estudo no exterior são todos caminhos para adquirir as habilidades interculturais muito necessárias. Ter um idioma secundário também é vantajoso.

Como empregos em tecnologia e engenharia, você pode se inscrever diretamente para provedores de saúde - inclusive por meio de postagens listadas em sites de bancos de empregos do governo -, mas você terá mais sorte se trabalhar com uma agência de recrutamento especializada na área de saúde. 

Conclusão

Se você está em busca de uma oportunidade profissional em outro país, é fundamental saber quais são os cursos mais indicados para atingir esse objetivo. 

As dicas de cursos que citamos são apenas algumas das opções mais indicadas para quem deseja trabalhar no exterior. 

Se você tem interesse por alguma delas, é muito importante pesquisar mais sobre as oportunidades de trabalhar em outros países e quais são os requisitos necessários. 

Esperamos que tenha gostado das indicações e que agora possa dar os passos necessários para conseguir a sua oportunidade de emprego fora do Brasil. 

Artigos que podem te interessar:

Artigos em Destaque