É importante entender o que faz um cuidador escolar, pois esse profissional é responsável por auxiliar os alunos em diversas tarefas que, devido ao número de alunos para tomar conta e ensinar, o professor não consegue realizar.

Ele também tem um papel muito importante em relação a educação inclusiva na escola, já que fica encarregado de prestar toda a ajuda necessária a alunos especiais. É ele quem auxilia no processo do ensino de estudantes com transtornos de aprendizagem e desenvolve atividades para alunos com deficiência, por exemplo.

Conhecendo melhor essa profissão, poderemos discutir com mais clareza os desafios que o cuidador de alunos com necessidades especiais enfrentam diariamente e pensar estratégias para solucionar eventuais situações adversas. Para que você entenda a importância do cuidador de alunos com necessidades especiais nas escolas e os desafios da profissão, continue lendo nosso artigo!

Cuidador escolar, um dos principais responsáveis pela educação inclusiva na escola

Conforme já falamos acima, o cuidador é de grande ajuda para o professor e um grande apoio para os alunos, que enxergam nele alguém em quem se pode confiar e pedir ajuda sempre que necessário.

Mas você sabe o que faz um cuidador escolar? Descubra as atividades que esse profissional deve desempenhar nas informações que separamos logo abaixo!

Atividades para alunos especiais que devem ser aplicadas pelo cuidador escolar

  • Aplicar atividades lúdicas
  • Administração de medicamentos
  • Auxiliar os estudantes nas refeições, higiene corporal e nas lições
  • Desenvolver brincadeiras e atividades inclusivas
  • Utilizar recursos que explorem os sentidos dos alunos
  • Utilize recursos tecnológicos que estimulem o aprendizado
  • Utilizar jogos inclusivos
  • Ajudar alunos especiais se locomoverem
  • Ler e escrever para alunos especiais, caso eles não possuam autonomia intelectual ou motora para isso.

Percebe como é fundamental ter esse profissional nas dependências escolares?

Para ficar mais claro a complexidade das relações no ambiente escolar, ainda mais quando envolve o ensino especial, vamos explicar um pouco mais sobre dificuldade de aprendizagem e os tipos de deficiência.

Dificuldade de aprendizagem X Transtornos de aprendizagem

Primeiro é importante diferenciar dificuldade de aprendizagem de transtornos de aprendizagem. A dificuldade de aprendizagem acontece quando um aluno aprende de maneira diferente dos demais e por isso não consegue acompanhar a turma. Essa situação pode ser resolvida, na maioria das vezes, no ambiente escolar, com metodologias de ensino e técnicas que atendam às necessidades desse aluno.

Já os transtornos de aprendizagem são disfunções neurológicas. Nesse caso, o cérebro do aluno funciona de forma diferente, demonstrando dificuldades em absorver o conhecimento teórico de determinadas disciplinas.

Apesar do transtorno, esses alunos são sim capazes de aprender, apenas necessitam de métodos de ensino que se adequem à singularidade de cada situação. Conheça abaixo os tipos mais comuns de transtornos de aprendizagem:

O que são transtornos de aprendizagem

  • Dislexia: dificuldade de reconhecer, decodificar e soletrar as palavras.

  • Disgrafia: dificuldade para escrever, que leva o indivíduo a cometer vários erros ortográficos e na formação das palavras. Pode estar ou não associada com problemas psicomotores.

  • Disortográfica: dificuldade com a escrita, tanto para aprender como para desenvolver habilidades de escrita.

  • Dislalia: dificuldade de articular as palavras de maneira correta.

  • Discalculia: dificuldade para organizar, classificar e desenvolver operações com números.

  • TDAH: envolve dificuldade de prestar atenção, impulsividade e hiperatividade.

Quais os tipos de deficiência

  • Deficiência visual: perda total ou parcial da visão.

  • Deficiência auditiva: perda total ou parcial da audição de um ou dos dois ouvidos.

  • Deficiência mental: problemas que ocorrem no cérebro de um indivíduo e o levam a um baixo rendimento.

  • Deficiência Físicas: condições motoras que comprometem a tanto a mobilidade do indivíduo, como a coordenação motora geral e da fala.

  • Deficiência Múltipla: junção de duas ou mais deficiências.

Os certificados do Educamundo podem ser usados para:


Prova de Títulos em Concursos Públicos

Horas complementares para faculdades

Complemento de horas para cursos técnicos

Progressão de carreira em empresas

Turbinar seu currículo

Revolucionar sua vida profissional e acadêmica

Como aplicar a educação inclusiva na escola?

Além das funções desempenhadas pelos cuidadores escolares, a escola como um todo deve trabalhar para que o ensino especial melhore a cada dia. Educadores devem estar sempre em busca de novos conhecimentos, para transmitir o conteúdo aos alunos da melhor forma possível e suas aulas sejam mais proveitosas.

Outra maneira de melhorar a educação inclusiva na escola é a acessibilidade que esta disponibiliza para alunos deficientes. Uma pesquisa da plataforma QEdu, feita com base nos dados do Censo Escolar 2016 mostrou que apenas 26% das escolas públicas possuem acessibilidade para alunos com deficiência. Infelizmente, além dos problemas com a qualidade do ensino, esse é mais uma dificuldade que alunos, professores e cuidadores de escolas públicas precisam enfrentar.

Recursos pedagógicos que facilitem o ensino especial também é importante. Sendo assim, os educadores podem desenvolver uma série de atividades para alunos especiais.

Saiba como a tecnologia pode melhorar o ensino especial nas escolas

Desenvolver atividades para alunos especiais na escola nem sempre é tarefa fácil, mas com a ajuda da tecnologia, professores e cuidadores de alunos com necessidades especais podem desenvolver várias atividades. A maioria são aplicadas por meio de jogos virtuais educacionais e estimulam a escrita e a resolução de operações matemáticas.

Vários softwares de acessibilidade também têm ajudado a educação inclusiva na escola. Existem programas que auxiliam na alfabetização de crianças com transtornos de aprendizagem ou deficiência intelectual, leitores de tela para deficientes visuais entre outros.

Como entender um pouco mais sobre a aplicaçãode atividades para alunos especiais

Existem diversos materiais que podem nos ajudar a compreender melhor o ensino especial. Você pode começar pelos filmes sobre educação inclusiva. Que tal escolher 5 filmes inspiradores sobre educação inclusiva? Em geral esses filmes abordam diferentes deficiências e transtornos de aprendizagem.

Comece com o “O Milagre de Anne Sullivan”, que aborda deficiência visual, auditiva e oral, depois passe para “O extraordinário” que fala sobre bullying. Tem também a dislexia sendo abordada no filme “Como estrelas na terra”, paralisia cerebral no curta “Cordas” e dificuldade de adaptação em “Mentes que brilham”.

Para entender sobre o tema de maneira mais aprofundada também é indicado você fazer algum curso. O curso online cuidador escolar é ideal para você, pois além de trazer conhecimentos sobre educação inclusiva na escola, cursos online com certificado sempre são uma boa ideia, principalmente, para incrementar o currículo.

Você pode ainda investir apenas R$ 69,90 por ano e ter acesso não só a esse curso, mas a todos os mais de 1.200 cursos online do Educamundo!