Com a internet, cada vez mais, as pessoas acessam conteúdos de diferentes cursos e aproveitam a oportunidade de estudar em casa. Além disso, os benefícios dessa ação são inúmeros como, autonomia, aulas disponíveis para ver quantas vezes quiser e tirar dúvidas, liberdade para escolher e decidir o horário que irá estudar, entre outros.

Porém, para os que consideram uma novidade o ato de estudar em casa, como, por exemplo, as pessoas que estão sendo obrigadas devido a pandemia e a impossibilidade de sair de casa, uma reclamação é constante: falta de foco.

É comum para quem tenta estudar em casa enfrentar os desafios da distração, até porque, ver série, comer, conversar, olhar o celular e navegar pelas redes sociais é muito mais interessante. Para quem sofre com esse problema, a dica é seguir alguns passos e a tendência é que vire um hábito.

O poder do hábito

Segundo o livro “O poder do hábito” de Charles Duhigg, os hábitos acontecem através de Loops: Deixa, Rotina e Recompensa.

No livro ele diz que a Deixa é um gatilho que quando acionado diz ao seu cérebro para entrar em modo automático; Rotina é um comportamento que se inicia com a Deixa; e Recompensa é um estímulo positivo que diz ao cérebro que a rotina funciona bem e que vale a pena segui-la.

Ou seja, para você ter foco nos estudos, é necessário que torne essa ação um hábito, e dentro desse hábito é importante ter estímulos positivos para que seu cérebro compreenda que deve seguir realizando-o.

Como criar um hábito?

Existem livros que dizem que demoram exatos 21 dias para que um hábito seja construído, entretanto, Jeremy Dean, psicólogo que escreveu o livro: Making Habits, Breaking Habits: Why We Do Things, Why We Don't, and How to Make Any Change Stick, diz que um hábito demora sessenta e seis dias para ser adquirido, e não apenas 21 como costumam dizer outros autores.

Além disso, também diz que o hábito pode variar de pessoa para pessoa, podendo demorar 80 dias em uma e 83 em outra.

Não apenas isso, em seu livro, Dean afirma que existem hábitos mais fáceis de serem adquiridos e outros mais difíceis, como é o caso de aprender a beber água contra o hábito de estudar e manter o foco.

Pensando nisso, as palavras que uma pessoa que pretende criar um hábito deve ter em mente é: esforço e persistência.

Além de esforço e persistência, para que você consiga estudar em casa sem perder o foco, é interessante que tenha uma estratégia montada para ser seguida até o estudar vire um hábito. Essa estratégia deve conter os passos a seguir:

1. Tenha um local de estudos apropriado

Assim como qualquer profissional que trabalha home office como os que trabalham em agência de marketing, autônomos, influenciadores digitais, advogados, entre outros, é importante que um estudante também possua um local adequado dentro de casa para estudar.

O importante é que sofá e cama não sejam considerados local de estudo, e sim, uma mesa ou escrivaninha adequada, em local silencioso.

2. Mantenha longe o celular

Um grande vilão para todos os estudantes é o celular, isso porque as pessoas não conseguem ficar cinco minutos sem dar uma espiadinha, o que tira todo o foco e concentração de quem precisa estudar.

A dica é que você mantenha em outro cômodo o seu aparelho, com a internet desligada, caso alguém precise entrar em contato de forma urgente fará uma ligação, o resto são banalidades.

Segundo pesquisa, o celular é o que mais atrapalha a produtividade das pessoas, isso porque a todo momento ele vibra e recebe notificações, o que acaba tirando completamente o foco e atenção.

3. Faça um planejamento

Outro detalhe importante para quem saber como estudar em casa sem perder o foco é fazer um planejamento de estudos.

Quando você possui um planejamento, quando senta para estudar, já sabe em que rumo seguir, assim não perde horas pensando e divagando sobre o assunto do dia.

Além disso, quando você estuda em um curso ou com um professor que direciona as aulas, é muito mais simples do que quando você precisa se orientar sozinho. A tendência que você perca a atenção enquanto procura o que aprenderá no dia é muito mais.

4. Faça pausas regulares

Ninguém consegue manter o foco por muito tempo, por isso é interessante que pausas sejam feitas de hora em hora para sua cabeça descansar.

Existe também a técnica Pomodoro, essa é para que se dispersa muito facilmente. Ela consiste em um período de 2 horas, onde dentro desse tempo são feitas pausas a cada 25 minutos, ou seja, você estuda 25 minutos e descansa 5 minutos, quando completar um ciclo de 2 horas, descansa 30 minutos como recompensa, após o descanso o ciclo reinicia.