Você busca saber como se especializar em radiologia? Se sim, então vai adorar conhecer as dicas de hoje. Nós conversamos com a empresa ICRX, uma das maiores especialistas e produtoras de equipamentos de radiologia do país, para entender o que um profissional precisa fazer para poder se especializar na área.

Atualmente, se especializar em radiologia pode aumentar bastante as chances de conseguir uma colocação no mercado. Afinal, as vagas de emprego para técnico em Radiologia tiveram um aumento de 1.041% em 2020, muito por causa da crise do novo coronavírus. Afinal, os exames de radiologia podem ajudar a detectar o vírus ou o dano causado por ele no pulmão do paciente.

Além disso, o salário de um técnico em radiologia não é baixo. O piso salarial atual é de R$1.871,00, mas é possível ganhar até R$2.589,00 atualmente. Nada mal, não é mesmo? Portanto, se você quer aprender como se especializar em radiologia, siga a leitura do artigo abaixo para ver algumas das dicas dadas pelo pessoal do ICRX!

Como se especializar em Radiologia: 3 dicas!

1. Faça um curso especializado e reconhecido no mercado

Exatamente! Você sabia que existem cursos no mercado especializados em radiologia? Pois é! É possível fazer um curso técnico, um tecnólogo ou mesmo uma graduação focada no assunto.

É claro que, no momento, as opções não são tão abrangentes assim em todos os lugares. Talvez você tenha de fazer um curso do tipo em uma cidade próxima ou abrir mão de ter uma formação de nível superior tão facilmente.

No entanto, com um pouco de dedicação, é possível conseguir todo o conhecimento necessário para atuar na área com um curso especializado próximo de você. Esse é o passo primordial para entrar no segmento.

Cursos online como o Curso Online Auxiliar de Radiologia aqui do Educamundo é uma excelente alternativa para quem busca estudar online e se qualificar na área.

2. Entenda as diferentes aplicações da área

O segundo passo de como se especializar em Radiologia é compreender que existem muitas aplicações diferentes na área. Isso mesmo: talvez você seja o profissional mais padrão da área, em que o trabalho é feito com pacientes de um hospital ou clínica.

No entanto, a radiologia humano é apenas uma subvertente da área. É possível, por exemplo, trabalhar com a radiologia veterinária, em que o processo é exatamente o mesmo, mas com animais.

Na verdade, há uma pequena diferença no sentido em que o maquinário pode ser menor ou os procedimentos sejam distintos com animais.

Por fim, há também a radiologia industrial, em que o procedimento não tem nada a ver com seres humanos, mas é usado em fábricas ou outros tipos de indústrias para diversos fins.

3. Atualize-se em relação aos novos maquinários

Uma última dica importante para quem quer se especializar na área é estar sempre atualizado em relação a novos equipamentos dentro do segmento. Afinal, existem muitas versões novas das máquinas de Raio-X e elas evoluem consideravelmente.

No passado, a quantidade de radiação absorvida pelo corpo humano na hora do exame era bem maior do que agora. Além disso, os exames eram menos precisos e mais difíceis de ler.

Hoje em dia, há uma grande mudança nisso e os profissionais do mercado devem saber lidar com as novas máquinas. Portanto, não pense que entrar na área é o suficiente para ter uma carreira longa nela, é preciso se manter atualizado sempre.

Pronto! Agora você já sabe como se especializar em Radiologia e já está pronto para entrar nessa área. Essa é uma profissão com uma boa estabilidade no mercado, além de alta demanda por novos profissionais.

Além disso, ainda conta com um bom salário, o que faz com que seja uma excelente posição no mercado de trabalho. Assim, você poderá ter uma renda estável por um bom tempo, enquanto pensa o restante da sua carreira.

Gostou das dicas? Então comente abaixo com a sua opinião sobre o assunto!