Nem sempre aprender um novo idioma significa estar em sala de aula. Em boa parte das vezes, tudo o que precisamos é de uma rotina mais organizada, muita determinação para praticar e um bom plano de internet — afinal, o que não faltam são conteúdos de outras línguas esperando para serem consumidos por aí.

Além da facilidade para encontrar os materiais, a parte mais interessante de se praticar inglês via web é a autonomia do estudante.

Como as atividades não dependem necessariamente de um ambiente de ensino, dá para conciliar melhor os estudos com o dia a dia, decidir que tipo de método funciona e usar o lazer como forma de treinar as habilidades. Nessas horas, até aquele canal do Youtube que você adora pode se tornar um parceiro rumo à fluência da língua!

Mas, afinal, pode onde começar? Que atitudes devem ser constantes quando o assunto é aprender inglês dentro de casa? No artigo a seguir, nós compartilhamos uma série de hábitos simples (e prazerosos) para dar um gás no idioma. Bons estudos!

Aprendendo inglês pela internet: boas práticas

Primeiro, organize seus horários

Se você acabou optando se dedicar ao inglês, o primeiro passo deve ser a organização. Aqui, independente do método utilizado, estamos falando sobre analisar a própria rotina semanal, escolher horários específicos e separá-los apenas para consumir conteúdos na nova língua. 

Os cronogramas podem ser ótimas opções para não se perder, sobretudo no começo do projeto. Colocando no papel todas as prioridades da semana, fica fácil visualizar quando há um espaço para os estudos, que podem variar entre práticas de escrita, leitura ou pronúncia. Também não se esqueça de registrar o próprio progresso à medida que sentir que deu um passo adiante.

Veja filmes e seriados sem legenda

Assistir a filmes e seriados para praticar o idioma é uma excelente forma de aprender novas expressões ao mesmo tempo em que se diverte. 

Nesse caso específico, temos algumas dicas: se o seu nível de proficiência for mais básico, comece com produções com áudio em inglês, mas acione as legendas para o português. Assim, as chances de relacionar o que está sendo falado com o escrito aumentam, principalmente se for uma obra conhecida. Animações infantis também são ótimas escolhas.

Com o tempo, é hora de começar a arriscar. Das histórias com as quais tem contato, migre para obras desconhecidas e de gêneros variados. As legendas, antes em português, aos poucos devem estar em inglês, até chegar o momento em que você não precisará mais delas.

A ideia é que tudo aconteça de modo natural. Portanto, nada de se cobrar a passar de fase tão rapidamente. Quando se der conta, você já estará entendendo tudo o que a personagem diz sem qualquer dificuldade!

Faça cursos entre uma atividade e outra

Quando estamos aprendendo um novo idioma, é muito comum deduzirmos certas frases e diálogos, mas não os entendermos do ponto de vista linguístico. Ter contato com aulas de inglês é uma boa alternativa para resolver esse problema.

Isso porque, durante as aulas, o contato acontece de um jeito diferente: o aluno consegue, por exemplo, esclarecer dúvidas sobre os tempos verbais, a conjugação adequada dos verbos e os usos comuns de cada preposição. As atividades e avaliações constantes, bem como a ajuda do professor, certamente indicarão com clareza em qual nível ele está.

No entanto, há quem ainda resista aos cursos presenciais, seja pelas altas mensalidades, seja por conta de suas durações. Para essas pessoas, fazer breves cursos online é uma ótima pedida. 

No Educamundo, as opções são 100% virtuais e contam com certificados digitais e impressos, além do atendimento exclusivo. Nosso curso online de Inglês Básico, inclusive, tem como base inúmeros diálogos em inglês escritos e em áudio, assim como macetes para te ajudar.

Pratique pelas redes sociais

Não há só uma, mas diversas possibilidades de se praticar inglês pelas redes sociais. Dê uma olhada nas nossas sugestões:

  • Comece a acompanhar páginas internacionais: o tom informal usado na web pode te ajudar a conhecer diversas gírias, jargões e outras variações da língua;

  • Siga professores de inglês: muitos perfis de professores são atualizados diariamente com dicas de aprendizagem para iniciantes e alunos de níveis avançados. É uma ótima ideia para quem não quer ter que sair do feed para se aprimorar;

  • Altere as configurações de idioma: é muito simples e te permitirá mais contato com a língua sem que você perceba. Geralmente, basta ir até o campo “configurações” para mudar o idioma do aplicativo;

  • Escreva em inglês: vale utilizá-lo em legendas de fotos, naquele tweet sobre as novidades do dia, em comentários em um vídeo do Youtube, entre outros. Ótimo para treinar a escrita!

Interaja com falantes da língua via app

Também não é tão difícil encontrar estrangeiros para um bom papo pela internet. Entretanto, saiba que há dezenas de redes sociais e aplicativos que conectam falantes nativos a alunos de idiomas, o que facilita bastante esse processo. 

Destacamos que, como alguns deles só estão disponíveis para smartphone, você precisará estar conectado a uma boa internet móvel para conseguir utilizá-los. 

Um bom exemplo é o Tandem, que permite que o usuário escolha seu parceiro ideal de estudos com base no idioma, localização e interesses em comum. Uma vez firmada a parceria, ambos podem utilizar mensagens de texto, voz, vídeo e imagens para irem se comunicando. No momento em que um erro acontecer, basta que o outro clique em “corrigir” e ensine o colega qual a melhor forma de dizer o que deseja. 

O HelloTalk segue uma proposta similar, incluindo, ainda, recursos como jogos para decorar palavras e podcasts em várias línguas diferentes. Além do chat com nativos, o usuário interessado em compartilhar o próprio progresso consegue publicar registros autorais para todos, que podem interagir com curtidas e comentários.

E você, já tentou colocar alguma dessas dicas em prática? O que mais tem funcionado por aí? Nos conte nos comentários e divulgue sua opinião. 

Aprender inglês pela internet pode ir muito além do que citamos, mas esperamos ter te ajudado a dar os primeiros passos!