Doação de sangue: como doar e ganhar uma matrícula no Educamundo - Blog do Educamundo

 BLOG

Cursos online e o mundo

Você em constante revolução

cursos online e doação
 Diego Borges  05/09/2016

Doação de sangue: como doar e ganhar uma matrícula no Educamundo

O Educamundo, além de ser referência em cursos online passou também a motivar a doação de sangue.  Afinal, nós cremos que esse bom ato ajuda no desenvolvimento pessoal, além é claro, de salvar vidas. Entendemos que conquistar conhecimento, assim como doar sangue, é a atitude de alguém que quer ser melhor e de alguma forma contribuir mais para a sociedade em que vive.

Por isso, resolvemos presentear todos aqueles que já são ou pretendem se tornar doadores, com a isenção da taxa de matrícula em nosso portal. Para ganhar este benefício, basta se cadastrar e nos enviar seu comprovante de doação dos últimos 60 dias solicitando um atendimento aqui.

 

Os certificados do Educamundo podem ser usados para:


Prova de Títulos em Concursos Públicos

Horas complementares para faculdades

Complemento de horas para cursos técnicos

Progressão de carreira em empresas

Turbinar seu currículo

Revolucionar sua vida profissional e acadêmica
No Educamundo você se matricula por 1 ano, investindo apenas R$69,90, sem mensalidades. Você terá acesso todos os mais de 650 cursos e contará com a opção de obtenção de certificados de diversas cargas horarias, que vão de 5 até 360 horas. Inscreva-se agora mesmo.

É normal que estejamos sempre em busca de crescimento, a sociedade nos cobra metas e nos sentimos bem ao alcança-las. O fato é que ficamos extremamente satisfeitos quando temos a nossa evolução reconhecida, seja pelo chefe, esposa, marido, filhos ou por nós mesmos. Mas o nosso progresso não acontece somente quando nossos processos são reconhecidos. Fazer o bem e colaborar com o outro, também ajuda a evoluir esse nosso crescimento, seja ele espiritual ou de caráter, depende da crença de cada um. O fato é que ao ajudar quem precisa, estamos ajudando a nós mesmos.

Hoje o Brasil precisa diariamente de 5.500 bolsas de sangue, ou seja, são 2750 litros de sangue que os hospitais necessitam todos os dias para atender a essa demanda. Porém, apenas 1,5% da população do Brasil realiza doações. Todos os anos, o número de transfusões de sangue cresce 6%, enquanto o número de doadores aumenta em apenas 4%. Esses resultados mostram que, no fim das contas, estamos sempre precisando de mais sangue do que nossos bancos têm a oferecerAlgumas pessoas ainda não têm conhecimento dessa realidade, e talvez por isso, simplesmente ignoram os pedidos de doação.

A necessidade de doadores de sangue cresce ainda mais em dias de feriados nacionais, estaduais e municipais. As pessoas aproveitam esses dias de folga de outras formas e esquecem que com uma rápida passadinha ao Hemocentro, pode fazer a diferença no mundo. Se você está lendo este artigo próximo a data de sua publicação, sabe que 7 de setembro está bem próximo, então aproveite o feriado da Independência do Brasil para doar sangue e, de quebra, garantir o seu desenvolvimento pessoal e profissionalContinue lendo e entenda a importância deste ato e saiba sobre os procedimentos necessários para ser um doador.

Todo ser humano tem direito a vida

Como a ciência ainda não foi capaz de produzir sangue artificial, todas aquelas pessoas que necessitam de sangue, seja em função de um acidente ou doença, precisam contar com a solidariedade de outros. Não há outra forma de "abastecer" o corpo humano com sangue, que não seja a transfusão. 

A doação, portanto, é se preocupar com o próximo, é dar o direito a vida à alguém. Existem muitas pessoas que estão precisando urgentemente de doações de sangue, então, por que não ajudar? E como diria John Lennon, em uma de suas célebres canções, "Imagine": "imagine todas as pessoas vivendo para o hoje". O melhor momento para começar a doar é agora, não deixe para depois. 


Sobre o processo de doação de sangue

Doar sangue é bem simples, mas é sempre bom prestar atenção em alguns detalhes e dúvidas que podem ocorrer na hora da doação. O processo de doação de sangue em algumas etapas que variam de acordo com o hemocentro, porém todos eles devem sempre cumprir as regulamentações previstas em lei. 

É obrigatória a identificação do doador e, para isso, ele deve apresentar documento de identidade com fotografia. São registrados os seguintes dados pessoais: nome completo, data de nascimento, número do documento de identidade, filiação, sexo, cor, profissão, data e destino da doação. Ao ser registrada, a pessoa passa a fazer parte do cadastro de doadores.

1 - Quem pode doar?

A principal característica que um doador deve ter é estar em boa saúde. É necessário ter entre 16 e 69 anos, sendo que menores de 18 anos precisam de um consentimento formal dos pais. O doador precisa ter mais de 50 quilos e não estar em jejum. Ele precisa evitar alimentos gordurosos, bebidas e cigarros pelo menos nas 4 horas que antecedem o processo de doação. Além de ter dormido pelos menos 6 horas na noite anterior à doação.

2 - Quem não pode doar?

Algumas condições podem impedir temporária ou permanentemente uma pessoa de ser um doador:

O impedimento acontece em casos de:

  • Gripes e resfriados (aguardar sete dias após o desaparecimento dos sintomas);
  • Gravidez e parto (esperar 90 dias após o parto normal e 180 após cesarianas);
  • Amamentação (tempo de parto inferior a 12 meses);
  • Ingestão de bebidas alcoólicas (12 horas antes da doação);
  • Tatuagens (feitas nos últimos 12 meses);
  • Situações de risco para doenças sexualmente transmissíveis (12 meses);
  • Viagens para regiões com alto risco de malária (Acre, Amapá, Amazonas, Rondônia, Roraima, Maranhão, Mato Grosso, Pará e Tocantins, esperar 12 meses após retorno)
  • Hepatite após 11 anos de idade;
  • Evidências ou laboratorial das seguintes doenças infecciosas transmissíveis pelo sangue: Hepatites B e C, AIDS (vírus HIV), doenças associadas aos vírus HTLV I e II e Doença de Chagas;
  • Quem já fez ou faz uso de drogas ilícitas injetáveis;
  • Quem já teve malária,
  • Apendicite, hérnia, amigdalectomia, varizes (aguardar 3 meses);
  • Colecistectomia, histerectomia, nefrectomia, redução de fraturas, politraumatismos sem sequelas graves, tireoidectomia, colectomia: seis meses;

  • Pessoas que fizeram extração dentária: (72 horas);
  • Transfusão de sangue: (12 meses).

Não se esqueçam de participar dessa corrente a favor da vida e encorajar outras pessoas e solicitar a sua matrícula gratuitaProcure o Hemocentro mais próximo e dê um grande passo para o seu crescimento profissional. Não deixe de comentar abaixo contando como foi a experiência de doar vida.

Colunista

Diego Borges

 

Estudante em Sistemas de Informação pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC Minas), com conhecimentos complementares em Programação, Design Gráfico e Música. Apaixonado por conhecer coisas novas e redator do Educamundo.
About me

 Aguarde...

© www.educamundo.com.br - Todos os direitos reservados

PROMOÇÃO TERMINA EM . INSCREVA-SE AGORA MESMO E GANHE 100 PONTOS. INSCREVA-SE

C
o
m
p
a
r
t
i
l
h
a
r