Não estude no silêncio. Aumente a sua concentração escutando música - Blog do Educamundo

 BLOG

Cursos online e o mundo

Você em constante revolução

Curso Online Música e aprendizagem
 Anny Lima  14/04/2016

Não estude no silêncio. Aumente a sua concentração escutando música

Justamente por oferecer conhecimento com os melhores cursos online do mercado, nos preocupamos em disponibilizar dicas sobre como você pode potencializar os estudos e como estar sempre estimulado e concentrado. No presente artigo, iremos explicar como a música atua em nosso cérebro, ressaltaremos a importância da música no processo de aprendizagem e como ela pode auxiliar nos seus estudos.

Quer dizer que música pode influenciar positivamente nos estudos? É isso mesmo. Você pode estar pensando que quanto mais o ambiente for silencioso, maior será a sua capacidade de concentração - seja nos estudos, no trabalho ou em outras atividades rotineiras. No entanto, vários estudos científicos já mostraram o contrário. Além disso, os benefícios da música já foram reconhecidos até por instâncias públicas no país e são aproveitados por psicólogos e médicos em terapia alternativa para o tratamento de pacientes. Vamos explicitar quais são esses benefícios.

Como funciona a percepção da música pelo cérebro?

O ser humano é, em sua essência, musical. Repare em seus batimentos cardíacos, no ritmo da sua respiração e o seu caminhar. Os sons estão presentes e são perceptíveis mesmo antes do nosso nascimento. Além disso, quase todas as culturas, desde as mais antigas, utilizam algum tipo de som em ritos e outros costumes tradicionais.

O processamento da música se inicia com a penetração das vibrações sonoras no ouvido interno, provocando movimentos nas células próximas que se alteram de acordo com a frequência das ondas captadas. Os estímulos sonoros seguem pelo nervo auditivo até o lobo temporal, onde se dá a senso-percepção musical: é nesse estágio que são decodificados altura, timbre, contorno e ritmo do som. O lobo temporal conecta-se em circuitos de ida e volta com o hipocampo, uma das áreas ligadas à memória, o cerebelo e a amígdala, áreas que integram o chamado cérebro primitivo e são responsáveis pela regulação motora e emocional, e ainda um pequeno núcleo de massa cinzenta, relacionado à sensação de bem-estar gerada por uma boa música.

Efeito Mozart

Pesquisadores em desenvolvimento cognitivo reproduziram a atividade cerebral e o expuseram em contato com músicas de Mozart. A atividade cerebral aumentou consideravelmente e o gráfico gerado dessa atividade foi transformado em música. Para a surpresa dos estudiosos, a música criada era muito parecida com a composição de Mozart. Desse e de estudos posteriores, puderam concluir que a música não era processada somente pelo cortéx auditivo, mas sim por outras partes do cérebro.

A atividade musical ativa uma boa parte do nosso cérebro e favorece a conexão com os neurônios, estimulando a liberação de neurotransmissores como a dopamina e noradrenalina, responsáveis por controlar nossos movimentos, o processo de aprendizagem, emoções, humor e memória. O córtex cerebral recebe as ondas sonoras e elas ativam determinadas áreas do cérebro de acordo com a frequência e o ritmo.

Música e o processo de aprendizagem

Como já dito, os sons atuam diretamente e de maneira positiva no processo de aprendizagem. Já pensou no poder da música para as crianças que estão neste processo inicial? Alguns cursos online, como Música na Educação Infantil apresentam, além da importância da atividade, técnicas e métodos que podem auxiliar professores nas aulas e muito mais. Instâncias públicas não ficaram para trás e reconheceram os benefícios para a educação. A música é considerada conteúdo obrigatório nas escolas de educação básica, de acordo com a lei Nº 11.769, DE  18 DE AGOSTO DE 2008.

Nas instituições de Educação Infantil, é recomendado que os sons sejam inseridos na rotina das crianças, bem como repertórios que passarão a fazer parte do mundo das crianças. O educador tem papel fundamental nesse processo, pois é ele o responsável pelo planejamento das aulas e execução das rodas de canto, promoção de brincadeiras sonoras. Essas dinâmicas atuam abrindo um canal comunicativo de grande importância para a integração dos alunos. Além disso, estimula a fala e as crianças vão explorando as possibilidades de comunicação a partir do som.

 

Cursos relacionados que podem te interessar:

No Educamundo você se matricula por 1 ano, investindo apenas R$69,90, sem mensalidades. Você terá acesso todos os mais de 650 cursos e contará com a opção de obtenção de certificados de diversas cargas horarias, que vão de 5 até 360 horas. Inscreva-se agora mesmo.

 

Como a música pode atuar em nossa rotina?

O ato de escutar música pode afetar a eficiência e qualidade das atividades que realizamos e produzimos. Ao escutar música, o tempo pode passar diferente. Quantas vezes você já ficou na sala de espera do seu médico e o tempo não passava nunca? Ou quando estava praticando exercício físico na esteira da academia e os minutos pareciam durar horas intermináveis? Além disso, já solicitou algum atendimento via telefone e escutou aquela música enquanto aguardava para falar com algum representante? Essa técnica é utilizada principalmente pelos serviços de telemarketing para que o cliente tenha a sensação do tempo menor de espera.

A música também mexe com as nossas emoções. Os neurotransmissores estimulados com os sons e as músicas que escutamos atuam em nosso cérebro conduzindo nossas emoções. A indústria cinematográfica utiliza esse recurso muito bem. Quem nunca ficou bastante tenso com uma trilha sonora de suspense? Você já sentiu qualquer emoção com publicidades por causa da trilha sonora? Além disso, já teve alguma lembrança boa escutando uma música que te faz lembrar aquela pessoa próxima? Aí está o poder da música.

Aumente a sua produtividade

As músicas também atuam diretamente com os estudos. Alguns ritmos e frequências estimulam a concentração, memória, inspiração e levantam nosso ânimo. Tudo o que precisamos para dedicar mais tempo aos estudos. Esforço e disciplina, combinados com as frequências de determinadas canções, podem facilitar o aprendizado e ajudar na fixação do conteúdo aprendido. Você deve estar aberto a diferentes ritmos e estilos, vale a pena tentar. Ah, nada de rádio, hein? Os diálogos e propagandas do rádio poderão distrair você. Se a faixa musical não for bem escolhida, você pode acabar passando o resto do dia com aquele refrão grudado na sua cabeça e isso não vai ajudar a se concentrar.

Precisamos ter atenção: a música é um estímulo que nos auxilia nos momentos de estudo, porém, é necessário que a vontade maior parta do próprio estudante.

Confira abaixo as música que selecionamos para ajudar nos estudos:

Você também pode selecionar a sua música preferida, dar o play e iniciar os estudos no Educamundo de maneira mais produtiva. Comente qual é o ritmo que você mais gosta e quais as músicas que escuta enquanto está estudando.

 

Os certificados do Educamundo podem ser usados para:


Prova de Títulos em Concursos Públicos

Horas complementares para faculdades

Complemento de horas para cursos técnicos

Progressão de carreira em empresas

Turbinar seu currículo

Revolucionar sua vida profissional e acadêmica
No Educamundo você se matricula por 1 ano, investindo apenas R$69,90, sem mensalidades. Você terá acesso todos os mais de 650 cursos e contará com a opção de obtenção de certificados de diversas cargas horarias, que vão de 5 até 360 horas. Inscreva-se agora mesmo.

Colunista

Anny Lima

 

Marketing

 Aguarde...

© www.educamundo.com.br - Todos os direitos reservados

PROMOÇÃO TERMINA EM . INSCREVA-SE AGORA MESMO E GANHE 100 PONTOS. INSCREVA-SE

C
o
m
p
a
r
t
i
l
h
a
r